BANCADA DIRECTA: Julho 2015

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Lixo é lixo. Um burro é um burro. Sem ofensa para estes equídeos andam por aí alguns à nossa volta que se comportam muito mal

Lixo

"Segunda volta faria subir taxas de juro. Nós não podemos prolongar esta campanha por mais três semanas. Os custos seriam muito elevados para o País e seriam sentidos pelas empresas, pelas famílias, pelos trabalhadores, desde logo, pela via da contenção do crédito e pela subida das taxas de juro."

"No próximo domingo vai ser escolhido aquele que deve estar muito atento às injustiças na distribuição dos sacrifícios que nesta fase de crise são pedidos aos portugueses, como é o caso dos servidores da função pública. Merecem da nossa parte o maior respeito e a maior consideração.Cavaco, Janeiro de 2011
*Segundo Carlos Moedas, que é um dos principais conselheiros do presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, os mercados "olham para uma nova equipa de gestão como uma boa notícia", porque "há muito tempo não dão credibilidade ao Governo português".
No seu entender, "assim que os mercados incorporem a informação de que o PSD vai respeitar as metas do défice, e fará tudo o que for necessário para que se cumpram essas metas, até porque foi o PSD que sempre anda atrás do Governo para cortar, essas agências voltarão a dar credibilidade a Portugal".
"Com as reformas que o PSD vai implementar, eu digo-lhe que ainda vão subir o 'rating', não sei se nos próximos 6 meses, se nos próximos 12 meses - ainda não se sabe quando haverá um novo Governo", acrescentou.Março de 2011
*“As empresas de rating estão à espera do resultado das eleições”, alertou o primeiro-ministro.Passos Coelho, Julho de 2015

quinta-feira, 30 de julho de 2015

É preciso que esta bafienta dupla não tenha um pingo de vergonha na cara quando olha de frente para um cidadão comum

O programa do governo para a próxima legislatura divulgado pela bafienta dupla Passos e Portas é isto : nada!

É preciso que estes dois mentirosos não tenham um pingo de decencia nas suas caras com tantas mentiras a respeito de promessas que fizeram para arranjarem votos

Agradecimento ao dr Carlos Barbosa de Oliveira pela ideia

Lembram-se daquela canção "o que é que a baiana tem?". Nestes dias apetece-me igualmente perguntar " o que é que a menina Paris Hilton tem?" para ganhar numa só noite 260.000 euros para pôr musica numa discoteca?


Paris Hilton em Ibiza a receber 260 mil euros por noite 

Ibiza é muito mais do que sol, bronze e mergulhos. Paris Hilton está pelo terceiro ano consecutivo nesta ilha espanhola, onde a convite da discoteca Amnesia assume o papel de DJ.

De acordo com o site TMZ recebe 260 mil euros por noite. Para muitos a presença da norte-americana não é bem-vista, é o caso do produtor e DJ Deadmau5. «A Paris ganha um balúrdio para colocar um CD numa discoteca. 

Qual é a novidade?», escreveu no seu blogue. «Tiveste sorte na vida, nada mais. Porque é isto que tu és e toda a gente sabe: um chamariz de público». 

 Paris Hilton não se deixou e respondeu através da sua conta no Twitter. «Acho hilariante que os outros falem mal de mim para conseguirem ser o centro das atenções».

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Ela bem pode justificar-se com saturação do cargo de Presidente do Parlamento, mas na realidade tem de se chamar uma deserção da politica activa que nestes quatro anos de Governo o PSD brindou o povo português.Trata-se de uma mulher de caracter, pois não vislumbramos comportamentos iguais nas hostes laranjas. Agarrados ao poder como lapas à rocha

Ela bem pode justificar-se com saturação do cargo de Presidente do Parlamento, mas na realidade tem de se chamar uma deserção da politica activa que nestes quatro anos de Governo o PSD brindou o povo português.
Trata-se de uma mulher de caracter, pois não vislumbramos comportamentos iguais nas hostes laranjas.
Agarrados ao poder como lapas à rocha

Assunção Esteves comunicou a Passos Coelho a indisponibilidade para voltar a integrar as listas de deputados, invocando o enorme desgaste de quatro anos que considerou muito duros como segunda figura do Estado

Presidente da Assembleia da República já tinha manifestado desejo de deixar o Parlamento. Passos Coelho ainda insistiu para que fosse cabeça de lista por Vila Real, mas teve de optar pelo plano B A presidente da Assembleia da República (PAR)

Assunção Esteves recusou encabeçar a lista da coligação por Vila Real e não deverá voltar a ser deputada.

 Não é inédito um presidente da Assembleia da República em funções não ser candidato a deputado - mas isso só costuma acontecer quando já cumpriram mais do que um mandato, ou quando as sondagens indicam que o seu partido não poderá voltar a indicá-los para o segundo cargo do Estado.

Foi o que se passou com Almeida Santos e Jaime Gama: saíram das listas quando era claro que não voltariam a ter votos suficientes para voltarem a dirigir o Parlamento. No caso de Assunção Esteves, a história é outra. Quase tudo na história de Assunção Esteves é incomum - desde logo o facto de ter sido a primeira mulher a presidir ao Parlamento.
Agora, por vontade sua, decide não se recandidatar a deputada, apesar de as sondagens dizerem que a coligação até pode ganhar as eleições. Conforme o Expresso já havia noticiado, Assunção Esteves comunicou a Pedro Passos Coelho a indisponibilidade para voltar a integrar as listas, e terá mesmo levado a sua avante. O primeiro-ministro tentou persuadir a presidente da AR a ser candidata pelo círculo de Vila Real - distrito de onde é originária e o seu círculo tradicional de eleição.

 Só há quatro anos Assunção Esteves “saltou” do distrito transmontano para Lisboa, pelo facto de, pela primeira vez, a lista de Vila Real ter sido encabeçada por Passos Coelho, igualmente com raízes naquele distrito. Agora, em coligação, a partir do momento em que ficou decidido que os líderes dos dois partidos, Passos e Portas, seriam candidatos na lista de Lisboa, Assunção voltaria a ser a solução natural para Vila Real.

 Passos insistiu, mas a presidente do Parlamento resistiu. Ao que o Expresso apurou, Assunção tem invocado o enorme desgaste de quatro anos que considerou muito duros como segunda figura do Estado. Mas, nos bastidores laranja, tem sido muito comentada a grande insatisfação com o seu desempenho: houve excesso de gafes e muitas quezílias com a maioria, que foram desgastando a imagem de Assunção Esteves mesmo junto dos seus.

 Dirigentes sociais-democratas admitem a dificuldade que a presidente da AR teria em conseguir ser reconduzida naquele cargo, mesmo no caso da coligação voltar a ter a maioria parlamentar. Nesse caso, dar-se-ia outra situação pouco comum - nos últimos vinte anos, os presidentes do Parlamento têm sempre sido reconduzidos quando se mantém a maioria que os elegeu (foi o que aconteceu com Almeida Santos e Jaime Gama).

 No rol de cabeças de lista divulgado esta segunda-feira, o primeiro nome por Vila Real é Luís Leite Ramos, um professor universitário que foi o segundo em 2011. Ao que o Expresso apurou, não está posta de parte a hipótese de Assunção Esteves figurar nas listas num lugar simbólico.

Mulher, mulher! Põe os olhos na realidade do nosso tempo. Ouve também as opiniões dos outros e não penses só por ti. É que na verdade, tu que és uma mulher inteligente, não te livras que te chamem incompetente. É contigo Paula Teixeira da Cruz que me estou a referir.

Mulher, mulher!
Põe os olhos na realidade do nosso tempo.
Ouve também as opiniões dos outros e não penses só por ti.
É que na verdade, tu que és uma mulher inteligente, não te livras que te chamem incompetente.
É contigo Paula Teixeira da Cruz a quem me estou a referir.

Paula Teixeira da Cruz, ministra incompetente

 O chumbo do TC da lei do enriquecimento ilícito é a confirmação da incompetência da ministra da Justiça, que se despede da legislatura de forma pouco honrosa. «Tribunal Constitucional decidiu esta segunda-feira declarar a inconstitucionalidade das duas normas do diploma sobre o enriquecimento injustificado sobre as quais o Presidente requereu a análise dos juízes do Palácio Ratton.

 A 2 de julho, o Presidente pediu a fiscalização da norma constante do n.º 1 do artigo 1.º, na parte em que adita o artigo 335.º-A ao Código Penal: "Quem por si ou por interposta pessoa, singular ou coletiva, obtiver um acréscimo patrimonial ou fruir continuadamente de um património incompatível com os seus rendimentos e bens declarados ou que devam ser declarados é punido com pena de prisão até três anos", pena que pode ser agravada até cinco anos se a discrepância for superior a 500 salários mínimos.» [Expresso]


O Tribunal Constitucional (TC) decidiu esta segunda-feira declarar a inconstitucionalidade das duas normas do diploma sobre o enriquecimento injustificado enviadas por Cavaco Silva para os juízes do Palácio Ratton. A decisão foi tomada por unanimidade e anunciada numa brevíssimo comunicado lido pela relatora, a juíza conselheira Maria Lúcia Amaral, pouco antes das 19h

Projecto de lei foi tinha sido aprovado apenas com os votos favoráveis de PSD e CDS. PS, PCP e BE alertaram para as inconstitucionalidades do diploma
Segundo a magistrada, "o TC entendeu que a incriminação do 'enriquecimento injustificado', tal como feita pelo decreto da Assembleia da República, não só não cumpre as exigências decorrentes do princípio da legalidade penal como, ao tornar impossível divisar qual seja o bem jurídico digno de tutela penal que justifica a incriminação, viola o princípio da necessidade de pena".

Os juízes do palácio 'Ratton Raton' consideraram ainda que, "logo na formulação do tipo criminal e pelo modo como ele foi construído, se contrariou o princípio da presunção da inocência", lê-se no comunicado distribuído após a leitura pública da decisão.

Pouco tempo depois, como de costume, o presidente do Tribunal Constitucional, conselheiro Joaquim de Sousa Ribeiro, foi perante os jornalistas dar mais esclarecimentos. Explicou que, para os juízes do TC, “a sanção penal é uma sanção forte relativamente ao direito fundamental da liberdade” e que “só é legítima a criminalização quando é estritamente indispensável”.

AS DÚVIDAS DE CAVACO
A 2 de julho, o Presidente da República pediu a fiscalização da norma constante do n.º 1 do artigo 1.º, na parte em que adita o artigo 335.º-A ao Código Penal: "Quem por si ou por interposta pessoa, singular ou coletiva, obtiver um acréscimo patrimonial ou fruir continuadamente de um património incompatível com os seus rendimentos e bens declarados ou que devam ser declarados é punido com pena de prisão até três anos", pena que pode ser agravada até cinco anos se a discrepância for superior a 500 salários mínimos.

Cavaco Silva pediu igualmente a fiscalização da norma constante do artigo 2.º, na parte em que adita o artigo 27.º-A à Lei n.º 34/87, de 16 de julho. Este artigo refere-se especificamente aos titulares de cargos políticos ou públicos: "O titular de cargo político ou de alto cargo público que durante o período do exercício de funções públicas ou nos três anos seguintes à cessação dessas funções, por si ou por interposta pessoa, singular ou coletiva obtiver um acréscimo patrimonial ou fruir continuadamente de um património incompatível com os seus rendimentos e bens declarados ou a declarar, é punido com pena de prisão de um a cinco anos", pena que pode subir até um máximo de 8 anos se a discrepância for superior a 350 salários mínimos.

De acordo com a mensagem no site www.presidencia.pt, o Presidente da República, "tendo em conta o acórdão recente sobre esta matéria, solicitou ao Tribunal Constitucional que verificasse a conformidade daquelas normas com a Lei Fundamental, designadamente com os princípios do Estado de direito, proporcionalidade, legalidade penal e presunção de inocência".

Este foi o 21.º diploma enviado pelo chefe de Estado para fiscalização preventiva do TC - os últimos dois aconteceram a pedido do Governo, no verão passado, relativos à nova fórmula dos cortes salariais e à contribuição de sustentabilidade - tendo já remetido quatro pedidos de fiscalização sucessiva.

O diploma do enriquecimento injustificado tinha sido enviado para Belém a 30 de junho, e o Presidente da República dispunha de oito dias - que não esgotou - para decidir se requeria a fiscalização preventiva da constitucionalidade.

SÓ A MAIORIA VOTOU A FAVOR
O projeto de lei da maioria parlamentar para a criminalização do enriquecimento injustificado foi aprovado em votação final global a 29 de maio, apenas com os votos favoráveis das bancadas social-democrata e democrata-cristã. Toda a oposição votou contra. Na altura, PS, PCP e BE insistiram que o diploma continuava a apresentar inconstitucionalidades.

O diploma da autoria da maioria PSD/CDS-PP segue uma via penal, criando o crime de enriquecimento injustificado aplicável a todos os cidadãos. A maioria PSD/CDS-PP excluiu a expressão "enriquecimento ilícito", que passou a "enriquecimento injustificado", numa proposta de alteração apresentada uma semana antes da sua aprovação final, mantendo as molduras penais, de três anos, para a generalidade das pessoas que incorram no crime, e de cinco anos, para os titulares de cargos políticos ou equiparados.

Em 2012, uma iniciativa para a criminalização do enriquecimento ilícito já tinha sido chumbada pelo Tribunal Constitucional


terça-feira, 28 de julho de 2015

A única verdade no meio de tantas mentiras. Podem acreditar em mim: se vocês me elegerem esta será a recompensa que vos garanto!

Meus amigos humildemente vos peço que me deixem governar por mais quatro anos

Deixá-los-ei apenas com esta moeda para vocês sobreviverem. Como recompensa.

E é se não os levar à penúria total

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Frases com cheirinho a férias. Não é por falta de assunto sobre o descaramento do Passos Coelho, mas é só para aliviar os números das exportações de produtos portugueses, agora ensombrados com os sapatos feitos na China

Frases com cheirinho a férias.
Não é por falta de assunto sobre o descaramento do Passos Coelho, mas é só para aliviar os números das exportações de produtos portugueses, agora ensombrados com os sapatos feitos na China como se fossem feitos cá na Lusitânia

Não garanto a autenticidade mas é forte a probabilidade de serem fidedignas. Menos perigosas do que as medidas deste Governo, aqui as deixo para gáudio dos leitores

 - Finalmente, a água corrente foi instalada no cemitério, para satisfação dos habitantes. (Presidente da Junta de Freguesia do Fundão) 
 - Esta nova terapia traz esperanças a todos aqueles que morrem de cancro em cada ano. (Dr. Alves Macedo – oncologista) 
 - Os sete artistas compõem um trio de talento. (Manuela Moura Guedes – TVI 
 - A polícia encontrou no esgoto um tronco que provém, seguramente, de um corpo cortado em pedaços. E tudo indica que este tronco faça parte das pernas encontradas na semana passada. (Paulo Castro – Relações Públicas da PJ)
- A vítima foi estrangulada a golpes de facão. (Ângelo Bálsamo – Jornal do Incrível) 
- Um surdo-mudo foi morto por um mal entendido. (António Sesimbra – O Independente
- Os nossos leitores nos desculparão por este erro indesculpável. (Rui Lima – Jornal “A Bola” 
 - Há muitos redatores que, para quem veio do nada, são muito fiéis às suas origens. (António Tadeia – Crónicas do Correio da Manhã) 
 - Ela contraiu a doença em vida. (Dr. Joaquim Infante – Hospital de Santa Maria) 
 - A conferência sobre a prisão de ventre foi seguida de farto almoço. (Diário da Universidade de Bragança) 
 - O acidente provocou forte comoção em toda a região, onde o veículo era bem conhecido. (António Bravo – SIC)
 - O aumento do desemprego foi de 0% no mês passado. (Luís Fontes – A Capital) 
Não vos garanto a veracidade dos nomes dos autores mas correram como se fossem os criadores destas calinadas. 

 - À chegada da polícia, o cadáver encontrava-se rigorosamente imóvel. (Ribeiro de Jesus – PSP de Faro) 
 - As circunstâncias da morte do chefe da iluminação permanecem rigorosamente obscuras. (Paulo Assunção – EDP) 
 - Ferido no joelho, ele perdeu a cabeça. (Crónicas do Diário da Beira) 
 - Os antigos prisioneiros terão a alegria do reencontro para reviver os anos de sofrimento. (Maria do Céu Carmo – Psiquiatra) 
 - A polícia e a justiça são as duas mãos do mesmo braço. (Bento Ferreira – Juiz) 
 - O acidente fez um total de um morto e três desaparecidos. Teme-se que não haja vítimas. (Juliana Faria – TV Globo) 
 - O acidente foi no tristemente célebre retângulo das Bermudas. (Paulo Aguiar – TV Globo) 
 - Quatro hectares de trigo foram queimados. Em princípio trata-se de incêndio. (Lídia Moreno – Rádio Voz de Arganil) 
 - Antes de apertar o pescoço à mulher, o velho reformado suicidou-se. (João Cunha – Testemunha) 
 - Jogar à defesa pode ser uma faca de dois legumes (Jaime Pacheco, treinador de futebol) 
 - À pergunta “o que achou do jogo”, responde: «Eu, nada... mas o Aloísio achou um pente no balneário» (Roger – Ex-jogador do Benfica)

domingo, 26 de julho de 2015

Mais um desperdicio à vista no tenis. Maria Sharapova está de novo solteira. É o fim da relação com o seu marido, o tenista bulgaro Grigo Dimitrov


Após muita especulação, a tenista Maria Sharapova terminou a relação com o também tenista Grigo Dimitrov.

 A notícia foi confirmada esta quinta-feira pela ESPN, através do Twitter. 
No entanto, tanto o atleta búlgaro como a russa ainda não se pronunciaram sobre o fim da relação.

Recorde-se que os dois atletas assumiram a relação em 2012.

sábado, 25 de julho de 2015

Eleições Legislativas 2015 estão por aí a chegar. O nosso cronista Antonio Raposo diz de sua justiça e opina sobre "Os Partidos, os Deputados e a Democracia", que quer se queira ou não envolvem a nossa vida actual.

Eleições Legislativas 2015 estão por aí a chegar.
O nosso cronista Antonio Raposo diz de sua justiça e opina sobre "Os Partidos, os Deputados e a Democracia",
Que quer se queira ou não envolvem a nossa vida actual


OS PARTIDOS,OS DEPUTADOS E A DEMOCRACIA
A cronica de Antonio Raposo


 Brevemente temos de novo eleições. Mais uns dois meses e lá estará a casa da democracia de novo a abarrotar de deputados, segundo nos dizem a representar o povo que votou neles. 

Mas será mesmo assim? Então quem será o representante do meu voto partindo do princípio que eu vou votar?

 Então não se votou para que os deputados fossem escolhidos? Escolhidos por quem? Pelos dirigentes dos partidos! Então a nossa escolha é uma escolha de uma escolha já feita! É ou não é? Concluo: Os deputados representam os partidos e não o povo que votou.

É uma espécie de jogo viciado. Você votou neles, que já tinham sido escolhidos previamente. É claro que um método destes permite matar à nascença a chamada democracia. E aqui começa o domínio dos aparelhos partidários e as facções, os lobbyings e as “amizades”, os grupos de pressão, a golpada! Quem domina os aparelhos dos partidos domina tudo.
Quem tenha acompanhado a “vida partidária” de algumas figuras relevantes da nossa praça apercebe-se que a coisa começa nas “jotas”. Aí, de pequenino se torce o pepino e começa a luta pela sobrevivência. Os mais vivaços e sem escrúpulos vão furando e subindo na hierarquia. Começam as trocas de favores, e aí estão eles prontos para a vida.

 Dizia-me um amigo que a vida é de luta e os mais fortes exterminam os mais fracos, como se tratasse de uma selecção natural. Acontece que isso sucede entre os animais irracionais. Os homens mais inteligentes podem não ser os mais fortes. Lembro-me que o Hitler tentou eliminar os marrecos e aleijados e criar uma raça ariana pura.
Esta filosofia não vingou. E não vingou porque ia ao arrepio da humanidade. Não preciso dizer mais nada. Mas, voltando à Democracia e à sua representatividade é claro que o actual sistema está mais que esgotado. Por isso eu não voto.

Nem eu nem a maioria do povo. Afinal o partido dos que não votam já é a maioria! Eu não voto porque me sinto defraudado. O jogo está viciado e eu não o posso aceitar. Tampouco voto em branco porque esses votos contam para dar aos partidos uma pipa de massa.

Cada voto vale mais de um euro! Dos nossos impostos. Mudem-se as regras e falem comigo!

Antonio Raposo
Lisboa. 2015. Julho. 25

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Para eles os valores de todo o mundo andam em crise....Mas em Portugal isto tudo anda pelo melhor. Um ensaio verdadeiro sobre a cegueira do poder a cargo dos três governantes incríveis. Passos, Portas e Cavaco


Para eles os valores de todo o mundo andam em crise....
Mas em Portugal isto tudo anda pelo melhor. 
Um ensaio verdadeiro sobre a cegueira do poder a cargo dos três governantes incríveis. Passos, Portas e Cavaco

«Tudo corre pelo melhor no melhor dos mundos possíveis»

A dívida soberana disparou 60.000 milhões de euros nos quatro anos do actual Governo. Só em maio, a dívida das administrações públicas subiu 3.777 milhões de euros face a Abril, fixando-se nos 229.204 milhões de euros, [números ontem divulgados pelo Banco de Portugal (BdP)] mas a central de propaganda, onde Miguel Relvas, Marco António e Paulo Júlio contam com o apoio de Cavaco Silva, oculta o descalabro.

 O referido boletim estatístico do BdP informa ainda que, no final de maio, as empresas tinham falhado pagamentos aos bancos num valor superior a 13,4 mil milhões de €€, ou seja, 15,7% dos empréstimos totais, 85,2 mil milhões de €€, dois máximos históricos.

 O País viu partir os seus mais jovens e qualificados emigrantes, aumentar o desemprego e alienar activos estratégicos do Estado no cumprimento implacável da agenda ideológica desta maioria, num processo contrarrevolucionário de dimensões imprevisíveis.
A inépcia na governação foi substituída pela máquina de intoxicação onde o aumento da dívida, 36%, deu origem à reiterada afirmação de que o Governo pôs as contas em dia. O acelerado empobrecimento é a marca do mais inapto PM do período democrático sem que o nepotismo da despedida o impeça de reabrir embaixadas encerradas por motivo de poupança e perdulariamente activadas para colocar correlegionários.

 Nunca os impostos tinham atingido proporções tão insuportáveis nem a decadência ética ido tão longe. Com o Governo moribundo, uma maioria a desagregar-se e o PR em fase terminal, aproximam-se eleições com o país sem rumo, sem futuro e sem Orçamento de Estado num quadro previsivelmente conflituoso e sem tempo para corrigir a rota.

 Passos Coelho, Cavaco Silva e Paulo Portas afirmam que «Tudo corre pelo melhor no melhor dos mundos possíveis».

Nenhum cora de vergonha, os primeiros porque nunca leram o “Cândido”, de Voltaire, e ignoram o Dr. Pangloss, e o último por ser cínico

Bancada Directa / Ponte Europa / Sorumbático.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

O drama de um mentiroso crónico. Ele bem tentou dourar a pílula mas a Comissão Europeia pela voz de Jean Claude Junker já o desmentiu. Eis a figura de Pedro Passos Coelho.

O drama de um mentiroso crónico.
Ele bem tentou dourar a pílula mas a Comissão Europeia pela voz de Jean Claude Juncker já o desmentiu.
Eis a figura de Pedro Passos Coelho.

Apanhado, mente

O presidente da Comissão Europeia Jean Claude Juncker revelou, numa entrevista ao jornal belga Le Soir, hoje publicada, em que relata os bastidores da negociação sobre a Grécia, que Portugal se opôs a que um alívio da dívida pública grega fosse discutido antes das eleições legislativas.

Mais exactamente, segundo o que a Comunicação Social escreve  "alguns países, Irlanda, Portugal, Espanha, não o desejavam antes das eleições”.
Apanhado com a mão na massa, Passos Coelho mente: “Deve haver alguma confusão do presidente da Comissão Europeia“. Esta afirmação até podia ter bom acolhimento, naõ fosse o caminho tortuoso de mentiras já percorrido por PPCoelho

 O suposto autor da sugestão miraculosa que permitiu chegar-se a um acordo, afinal não queria sequer negociações antes das eleiçõezinhas em casa

terça-feira, 21 de julho de 2015

Regressámos. E o nosso cronista D. Payo Peres Correia diz de sua justiça, tendo como pano de fundo a Alemanha e o seu comportamento com uma politica assassina para os países mais pobres desta Europa.


Temas actuais com cheiros pestilentos de germanofias 
O nosso cronista D. Payo Peres Correia diz de sua justiça, tendo como pano de fundo a Alemanha e o seu comportamento com uma politica assassina para os países mais pobres desta Europa.

A ALEMANHA ESTÁ A SEGUIR UMA POLITICA ERRADA


Não tarda muito que por essa Europa fora os povos se convençam que os alemães, mais uma vez estão a querer afogar os mais pobres com uma política monetária assassina.

Porém esse veneno também eles irão provar, quando os outros povos da Europa não poderem ou não desejarem comprar artigos alemães. A força económica alemã vai criar o clima propício ao seu desaparecimento.

 Já de há uns anos a esta parte o crescimento alemão tem sido pequeníssimo. Aos poucos as grandes industrias e as pequenas vão sorrateiramente saindo da Alemanha e vão produzir em mercados de mão de obra barata. Os capitalistas ganham os operários perdem. A globalização e a facilidade de circulação dos capitais leva o dinheiro a produzir onde for mais barato e a correr aos locais onde os juros mais florescerem.

 Por outro lado a entrada da China na OMC arrastou para aquele imenso país de mão de obra barata tudo o que se fazia na Europa de baixa tecnologia. Hoje já estão em condições de atacar a tecnologia mais sofisticada. Atacaram a Europa com as lojinhas baratas do chinês e com isso tem o controle do mercado retalhista.
Lojas do Chinês é o que mais há nesta velha Lisboa. O grande erro dos dirigentes da União Europeia foi não ter a visão elementar deste fenómeno. Veja-se o nível do Durão Barroso (um autêntico empregado de copa) e temos a ideia de como a União andou neste últimos dez anos. Veja-se aquele senhor de nome de esquentador que andou a enganar os países europeus “comendo” as multinacionais através do Luxemburgo com negociatas de pagamento de impostos ao nível da uva mijona.

Com esta gente não íamos nem vamos a lado nenhum! Abriram as portas acreditando nas vantagens das economias abertas. Os operários alemães vão ser os próximos a ficar no desemprego. A Alemanha (nada nacionalista!) ficou prisioneira dos “financeiros”.

A GRANDE FINANÇA APRISIONOU OS POLÍTICOS. COMPROU-OS. E DESPREZOU-OS

Mas os partidos políticos do “arco do poder” foram sendo aos poucos aprisionados dos banqueiros. O circuito banco-governo-banco foi usado com grande aproveitamento dos financeiros que puderam comprar os políticos com um “tacho” logo que saíam do poder. Actualmente estamos a ver a Alemanha a humilhar a Grécia.

Amanhã será Portugal e a seguir a Espanha e a Itália. No final vai sobrar para os alemães. Explorar os mais pobres é o que dá. Quando os pobres já não tiverem dinheiro para pagar juros os alemães vão receber ao Totta! Isto faz-me lembrar a história do tanque de água com peixinhos. Os maiores vão comendo os mais pequenos e vão ficando a rir-se de barriga cheia.
Triste ficará o último dos peixinhos (gordo que nem um peixão!) mas já sem nada para comer. Esta parte do mundo está a passar por um drama doloroso para as pessoas. Acontece que são as pessoas e só elas que criam a riqueza e o dinheiro vale o que indica o seu valor facial enquanto a convenção aceitar como coreto. Esta Europa fez muito mal não aceitar a Grecia respirar para poder criar riqueza. Acho que poderemos ter assistido a um assassinato de um País.

 Logo aquele que inventou a democracia. Logo aquele que tentou fazer um referendo para demonstrar ao mundo que afinal os governos e as assembleias nacionais são lixo na boca dos “schaubles” e das senhoras “lagardes” deste mundo. Eu sei que as pessoas (infelizmente muitas) não sabem o que fazer com o seu voto.

Uma coisa elas sabem. O voto vale muito pouco e mesmo aqueles políticos que enganam o povo prometendo uma coisa e fazendo outra acabam na valeta do esquecimento. Mas enquanto estão no poleiro aproveitam para vender a alma deles e os oceanários do seu país.

 Que Deus lhes dê uma morte suave – por afogamento!

D. Payo Peres Correia
Lisboa. 2015. Julho. 21

quarta-feira, 15 de julho de 2015

O blogue Bancada Directa vai interromper por algum tempo a sua actividade. Circunstancias emergentes obrigam-nos a esta decisão

Esperamos regressar em breve

Para todos desejamos que tenham umas boas férias e que tudo lhes corra bem

Até um dia destes

terça-feira, 14 de julho de 2015

Impressionante pela insensatez como é que estes doidos se põem à frente destes animais. São atitudes que na maioria das colhidas provocam lesões graves e definitivas

Os caminhos de Pedro Santana Lopes. Na altura em que Jorge Sampaio o demitiu de PM, Santana no seu desconforto disse "que eu vou continuar a andar por aí". Ele realmente anda, mas sobre uma forma ziguezagueante!

Os caminhos de Pedro Santana Lopes.
Na altura em que Jorge Sampaio o demitiu de PM, Santana no seu desconforto disse "que eu vou continuar a andar por aí".
Ele realmente anda, mas sobre uma forma ziguezagueante!

Pedro Santana Lopes

Há muitos meses que Santana Lopes não sabe se é ou não candidato presidencial mas a verdade é que dificilmente ganharia essas eleições e no caso de se candidatar terá de largar o conforto da Santa Casa, um cargo de luxo mesmo sem ordenado.

Santana parece estar a usar a candidatura presidencial para se assegurar que a coligação o mantém no cargo em caso de vitória eleitoral nas legislativas. «Pedro Santana Lopes está tentado a ir às presidenciais mas tem gente a aconselhá-lo a reservar-se para as autárquicas. Ao que o Expresso apurou, Santana não afasta nenhum dos cenários.

Confortável como provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, o ex-primeiro-ministro, diz quem sabe, tem uma preferência natural — candidatar-se à sucessão de Cavaco Silva em Belém — mas também não desdenharia voltar à câmara de Lisboa, para tentar terminar o trabalho que deixou a meio. “Seria a opção mais inteligente.
Ele voltava a ganhar a câmara”, afirma um velho conselheiro de Santana Lopes. Uma tese que não é descartada nos meios socialistas, onde fonte próxima de Fernando Medina, o actual presidente da autarquia, reconhece que se Santana voltar a jogo em Lisboa isso não só não será um absurdo, como pode deixar o PS confrontado com um “adversário de peso”. » [Expresso]

domingo, 12 de julho de 2015

Estamos em tempo de férias. Mas a vida não pára e o saber não ocupa lugar.Vamos falar do órgão mais importante do nosso corpo: o coração. Temos de o conhecer muito bem e perceber as suas funções, nomeadamente no seu bater constante, que a haver falhas pode custar-nos a vida. São os "Temas de Medicina" no Bancada Directa


Estamos em tempo de férias.
Mas a vida não pára e o saber não ocupa lugar.
Vamos falar do órgão mais importante do nosso corpo: o coração.
Temos de o conhecer muito bem e perceber as suas funções, nomeadamente no seu bater constante, que a haver falhas pode custar-nos a vida.
São os "Temas de Medicina" no Bancada Directa


Conhece bem o seu coração?
Então tente perceber o que o faz bater pode-lhe a vida!

Quando se trata de nomear o órgão mais importante do corpo humano, o cérebro e o coração rivalizam. Mas hoje neste post vamos falar do coração.

Sabe como funciona o seu coração? Como uma bomba que envia o sangue oxigenado para todo o organismo e reencaminha esse mesmo sangue, já venoso, para os pulmões, onde é purificado e volta depois a circular

Para cumprir essa função, o coração é movido por impulsos eléctricos - são eles os responsáveis pelos batimentos cardíacos: 70 a 80 por minuto, até um máximo de 140 a 150 em situações de esforço intenso ou de pânico.

Por dia, por ele passam em média, 7500 litros de sangue que circulam por 100 mil quilómetros de vasos sanguíneos. Tudo isto é da responsabilidade de um órgão um pouco maior do que um punho humano, que na mulher pesa 210 a 300 gramas e no homem chega aos 400 gramas

Uma questão de estilo de vida.

Apesar de os assuntos do coração nos tocarem a todos, é verdade é que nem sempre cuidamos dele como merece. O estilo de vida actual, que nos empurra para hábitos menos saudáveis, faz com que corramos alguns riscos que, no limite, constituem uma ameaça à saúde do coração e, portanto, à nossa vida.

Abrimos, pois, caminhos a doenças cardiovasculares -  são assim chamadas porque envolvem o coração, mas também todo o sistema de artérias e veias. São doenças que têm em comum a acumulação de gorduras nas paredes dos vasos sanguíneos, uma acumulação progressiva, mas que vai erguendo sucessivos obstáculos à circulação do sangue, logo dificultando a oxigenação dos demais órgãos e tecidos do organismo

Evoluem lenta e silenciosamente o que significa que é preciso estar muito atento aos sintomas, de modo a procurar tratamento o mais rapidamente possível

Os sinais que não dever ser ignorados
a) Dificuldade em respirar
b) Sensação de aperto e dor no peito
c) Alterações ao ritmo cardíaco - mais lento ou mais acelerado
d) Dor, dormência ou formigueiro nos braços ou nas pernas
e) Náuseas e fadiga extrema

Estes sinais são um alerta para doenças como: 
1- Insuficiencia cardíaca. 
Ocorre quando a quantidade de sangue que o coração bombeia por minuto é insuficiente para satisfazer as necessidades do organismo em oxigénio
2- Enfarte agudo do miocárdio
Designado vulgarmente por ataque cardíaco pela interrupção súbita do afluxo de sangue ao coração, o que causa destruição do músculo que o reveste (miocárdio) por falta de oxigénio
3- Acidente vascular cerebral. AVC
Acontece devido a uma descida abrupta do fluxo sanguíneo que irriga o cérebro e é causado por um bloqueio ou rompimento de um vaso sanguíneo do cérebro, o que por sua vez, leva à falta de oxigenação do cérebro e à morte das células.
Há riscos e riscos
As doenças cardiovasculares constituem a principal causa de morte em Portugal, sendo responsáveis por 40% dos óbitos. Isto porque constituem doenças associadas a um estilo de vida pouco saudável, o qual é partilhado por homens e mulheres

E, de facto, os principais factores de risco andam de mãos dadas com um estilo de vida em que pontuam:

a) Uma alimentação desequilibrada, com excesso de gorduras, de açúcar e de sal. São elementos que contribuem para elevados níveis de colesterol e de triglicéridos (dislipidemias), glicémia (diabetes) e de pressão arterial (hipertensão)
b) Uma vida muito sedentária sem prática regular de actividade física
c) Tabagismo - os fumadores têm maior risco de enfarte do miocárdio
d) Excesso de peso - a gordura acumulada sobrecarrega o coração e os vasos sanguíneos
e) Stress - se intenso e prolongado pode causar perturbações  ao ritmo cardíaco.

No entanto há outros factores de risco que são de natureza diferente
1) Idade - a probabilidade de uma doença cardiovascular aumenta com o avançar dos anos
2) Género - estas doenças são mais frequentes nos homens mas estão a crescer entre as mulheres, em particular depois da menopausa e devido à associação com o tabagismo
3) Hereditariedade - há maior propensão para a doença se houver antecedentes familiares, sobretudo numa idade precoce.
O que é importante saber é que as doenças cardiovasculares se previnem. E que esta prevenção está ao alcance de todos, passando pela alteração de estilos de vida. Pela saúde do seu coração e não só.

Amanhã publicaremos as dicas em pormenor mais salientes de que como devem cuidar do seu coração.

Fonte deste texto: PH (Maio e Junho de 2015)


Agradecimento ao nosso clínico de apoio pela sua sensibilidade a estas doenças e pela sua preocupação para que todos se sintam de saúde perfeita. Muito obrigado

sábado, 11 de julho de 2015

Votar é um direito. Mas é preciso saber votar bem. O nosso cronista "Olho Vivo e Pé Ligeiro" fala e escreve do que sabe e opina sobre a maneira pouco limpa como os interessados tentam captar os votos dos cidadãos


Votar é um direito. 
Mas é preciso saber votar bem. 
O nosso cronista "Olho Vivo e Pé Ligeiro" fala e escreve do que sabe e opina sobre a maneira pouco limpa como os interessados tentam captar os votos dos cidadãos
A crónica de "Olho Vivo e Pé Ligeiro"

O QUE FAZER COM O NOSSO VOTO


 Regularmente, e acompanhado de alguma promoção nos órgãos chamados de comunicação social aparecem uns arautos da democracia, gente com canudo e gravata e sobretudo com uma grande lábia, sugerindo que eu devo votar, você deve votar porque se não o fizer alguém decidirá por mim - por mim e por si. Eu sei que não fazem por mal nem é gente mal formada.

Nem até com grande falta de recursos porque nunca os vi na sopa dos pobres onde eu vou ( mas não quero que se saiba, dado o meu orgulho e o facto de vir de famílias selectas) todos os dias matar a minha fome. As circunstâncias (essas bolhas que de vez em quando rebentam no melhor capitalismo) fizeram com que eu perdesse o emprego.

A firma onde eu trabalhava e que já estava falida, foi adquirida por uma multinacional e o pessoal sobrou e foi um despedimento colectivo, tudo legal. Como já não havia activos (entretanto os ativos deram à sola!) o pessoal ficou sem nada. Foi azar. Os meus antigos patrões ficaram mal porque o resto dos seus haveres foram vendidos à pressa e o dinheirito fugiu para um conhecido offshore nas Ilhas Caimão. Tudo legal.


Tudo legal que fiquei sem emprego e como não tinha dinheiro - o fundo de desemprego dura pouco – eu ainda só tenho 50 anos e nunca mais arranjei um lugar de empregado de escritório que era o que eu fazia. Resultado não pude pagar a rende da casa onde vivia e vim para o olho da rua. O senhorio até me disse que não o fazia por mal mas precisava daquele dinheirito para viver e não tinha alternativa.

 Pois aqui estou eu. São 1 da tarde e estou na bicha da sopa dos Anjos em Lisboa a fazer estas minhas conjecturas. Tenho no bolso diversos panfletos que sucessivas carrinhas de partidos políticos me deram ao passar por aqui. Nem vou ler nada porque já sei que todos me oferecem o paraíso e eu não preciso de mais que de um prato de sopa e de uma cama para dormir um pouco mais acolhedora que a que ocupo debaixo das arcadas.

Pergunto a mim mesmo qual é o meu país e o meu destino. Se eu adoecer ainda me tratarão no Hospital? Quem? Valerá a pena gastarem dinheiro com tão ruim personagem? Não pago impostos porque não ganho mas também não posso pedir nada em troca de nada! Quando me falavam em vagabundos – sou eu!

 Mas ainda tenho uma coisa. Para mudar o mundo. O meu voto. Com ele vou escrever no verso ( tem lá espaço) que não quero este mundo. Acho que o voto se fez para mudar o mundo e é isso que eu quero. Quero ter trabalho. Habitação e saúde. Será que me vão dar a troco do meu voto? Eles dizem que sim e eu tenho sempre votado nesse sentido, pois eles prometem um mundo melhor e é isso que eu quero.

 Lisboa. Avenida Almirante Reis, em frente ao Jardim dos Anjos. Edifício da Misericórdia de Lisboa. Actualmente e sempre foi conhecido como a "Sopa dos Pobres". Até à década de cinquenta era conhecido como a "Sopa do Sidónio". Famosas eram as suas sopas de lentilhas e de grão miudo, mais grão preto do que a cor habitual.

Ando a votar sempre desde o 25 de Abril. Já votei mais de 40 vezes! E nada muda. Começo a desconfiar que afinal o voto não é a arma do povo, coisa nenhuma. E eu fui enganado. Eu e provavelmente esta gente toda que está na bicha para a sopa dos pobres. O que tem sucedido cá é simplesmente a alternância. Nunca a mudança.

 Vira o disco e toca a mesma. Comigo é isto que tem sucedido. E consigo? Tudo bem? Pois antes assim. Não queira saber o que é ser pobre. Dói

Um abraço para os meus caríssimos leitores
"Olho Vivo e Pé Ligeiro"
Lisboa. 2015. Julho. 11.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Roquetas de Mar. É sempre agradável repetir a visão das belezas de Roquetas


El Tiempo en Roquetas de Mar
Predicción a 14 días

 Ver la próxima semana

Hoy 10 jul:30 / 22
Mañana 11 jul: 31 /23
Domingo 12 jul: 31 /23
Lunes 13 jul: 32 / 23
Martes 14 jul:32 / 24
Miércoles 15 jul: 34 / 23
Jueves 16 jul:33 / 23
Viernes 17 jul: 32/ 23
Sábado 18 jul: 33 / 23
Domingo 19 jul: 33 / 24
Lunes 20 jul: 32 / 24
Martes 21 jul: 33 / 24
Miércoles 22 jul: 34 /24
Jueves 23 jul: 34 / 24
Nota de Bancada Directa

A foto de cima refere a ciudad de Roquetas na sua totalidade

Na foto  inferior é o Paseo de los Baños e vê-se lá ao fundo no lado esquerdo uns edifícios altos. Num desses edifícios num 5º piso há um apartamento muito arejado onde reside a nossa amiga Consuelo, especialmente do nosso gato o Senhor Neves.
Sabemos que alguém reside no apartamento mas não confirmámos se é a Consuelo. 

Se for é certo que anda escondida ou não se deixa ver. Mas não faz mal, porque o Senhor Neves agora não tem acesso à varanda da frente. 

Historias do ano passado.....Mas zangas são zangas muito seguidas e sentidas pelos espanõles andaluces

Há-de dizer a nossa amiga Anne Rose Schelman que nós andamos a pedir batatinhas para fazermos as pazes com a Consuelo

A ultima sondagem põe os nervos em franja a certa comunicação social. Na semana passada embandeiraram em arco e já davam a coligação à beira de se manterem no Governo. Agora nesta sondagem o PS para ser Governo tem de ter a maioria absoluta. Ora bolas para esta Democracia



António Costa é melhor em tudo

 «A sondagem Intercampus feita para o Público, TSF e TVI mostra não só as intenções de voto dos portugueses, isto quando estamos a poucos meses das legislativas, mas também nos permite ter uma ideia de como os portugueses percepcionam os líderes dos dois principais partidos.

E, neste aspecto, os últimos anos de Governo já terão feito o seu desgaste à imagem de Passos Coelho. Quando se compara o líder do PS com o líder do PSD, Costa sai vencedor em características como ‘Competente’ (32,9% contra os 27,7% de Passos), ‘Conhecedor de Problemas’ (30,9% para Costa, Passos com 27,1%) ou ‘Trabalhador’ (Costa com 30,7%, Passos com 26,7%). Costa, aliás, triunfa claramente na principal: 'Quem tem melhores qualidades para ser primeiro-ministro?'

Entre os 1014 inquiridos, 42,3% escolhem António Costa. Passos Coelho fica-se pelos 31,6%. As principais diferenças, saliente-se, são na percepção sobre qual dos dois candidatos é visto como o mais ‘Dialogante’ e também qual mostra maior ‘Sensibilidade social’.

Entre os inquiridos, 38,7% escolheu Costa, enquanto 30,3% escolheram Passos como a figura mais dialogante. Já na sensibilidade social, a liderança é clara para Costa (37,4%), contra os 24,5% de Passos.» [Notícias ao Minuto]

 Esqueceram-se de perguntar qual dos dois é melhor a usar os problemas da esposa para ganhar votos.
Também podiam perguntar qual é o mais mentiroso ou o mais bajulador da Alemanha,

Agora o mínimo que querem para o PS é que tenham a maioria absoluta é uma obra do caraças.....

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Agora é que isto está a aquecer. E pelos vistos Iker Casillas já está confirmado no dragão.


Em Madrid já está confirmado que o FC Porto e Iker Casillas já assinaram contrato por dois anos.

El Madrid y Casillas ponen fin a su contrato. El guardameta firmará dos años con el Oporto más un tercero opcional (condicionado a la disputa de 30 partidos).


Aqui por Roquetas de Mar todos os periodicos publicam esta foto do Iker com aceno de despedida para os adeptos merengues.

Nas colunas sociais da imprensa española dá-se realce que Sara Carbonero está encantada por ir viver para Oporto

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Iker Casillas põe o FC Porto em polvorosa. Mas enquanto os merengues não assegurarem o De Gea nem pensar em dispensá-lo. Fica no mesmo pacote do Ezequiel Garay.


Portugal e este Governo de irrealidades. Embandeiram em arco com a baixa dos números do desemprego. Mas escondem que dão ocupação a estagiários e não lhe garantem qualquer emprego no futuro. E assim se baixam os números.


Portugal. 
O país dos estagiários 

 «O governo abriu mais uma ronda de estágios para jovens com formação superior. 

Para a terceira edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública Central (PEPAC) existem 1437 vagas, a maior parte nas áreas da Justiça e da Segurança Social. 

Mas a perspectiva de emprego é nula. 

 "O PEPAC não prevê qualquer contratação após a realização do estágio", revelou fonte oficial do INA - Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em funções públicas, assumindo que esta prestação de trabalho pode conceder apenas uma valorização caso o ex-estagiário tente concorrer posteriormente a um concurso externo.» [DN]

Mas estes estágios vão baixar os números do desemprego. Desenrascam-se e depois dão-lhes um chuto.

Isto é que anda para aqui uma açorda de marisco com gambas e ameijoas maradas e fora do prazo de validade.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Parece que sim que é desta vez que vou ter a oportunidade de estar ao pé da Sarita. Junto dois gostos de uma assentada: vejo o Glorioso e admiro a Sarita Carbonero. Só isso nada mais.

Sara já sabes. Tens de fazer o teu trabalho de repórter na Catedral no topo sul, mesmo juntinho à ruidosa claque dos "red devils"do Glorioso. Eu estou por ali pertinho, no enfiamento do topo da bancada 2. 

Nunca mais me arranjam um lugar mais no centro da bancada.



segunda-feira, 6 de julho de 2015

Ricardo Quaresma anda a dar entrevistas jurando amor eterno ao FC Porto. Mas os dragões agradecem tanto amor e como reconhecimento vão-lhe pôr um par de patins para uma viagem até aos otomanos turcos.

Ver o diferendo Porto/ Ricardo Quaresma clicando aqui

Ainda só agora começou a preparação das equipas e já começam a aparecer os "jogos florais". Neste caso as arbitragens e favores estão na ordem do dia.


Todos os clubes são prejudicados mas não se podem esquecer que também são beneficiados.

Obrigado Pela Sua Visita !