BANCADA DIRECTA: Janeiro 2008

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Mundo Policiário 6/08

Onaírda

Dic Roland e KO = Presentes


Conheça os nossos autores policiários (12)

Problema "Chamada para a morte". autor Avlis e Snitram


Nota de Onaírda: tencionavamos neste Mundo Policiário apresentar uma desenvolvida reportagem fotográfica do ultimo almoço mensal da Tertulia da Liberdade. No entanto a qualidade das fotos não era de molde satisfatória para que apresentassemos as mesmas. E assim fica prometido que no almoço de Fevereiro a reportagem aparecerá!


Publica-se hoje um problema de Avlis e Snitram, o qual foi publicado na revista Flama em 1958. Agradecemos ao nosso bom amigo Jartur a sua disponibiliade em facultar o mesmo para a publicação neste Mundo policiário. O pseudónimo de Avlis e Snitram nessa altura era o Mister Kim.


Nesta foto vê-se Avlis e Snitram a ler o seu texto de homenagem ao Sete de Espadas. Rui Mendes está ao lado do decano dos policiaristas portugueses



TORNEIO DOS ESTUDANTES
«CHAMADA PARA A MORTE»
Original de MISTER KIM


Sentada à secretária, com a cabeça apoiada nas mãos e os olhos perdidos no infinito, Ana Maria deixava a sua imaginação correr pelos campos da fantasia.
À sua frente, uma carta que começara, jazia esquecida.

«Lisboa, 23 de Junho de 1957

Querida Manuela

Recebi ontem a carta em que me contas o momento feliz que atravessas agora. Na nossa vida o casamento é sempre um facto memorável que enche o coração de alegria e felicidade. Não deixarei de estar presente na vossa festa, mas desde já te felicito. Parabéns, querida! Perguntas quando chegará a minha vez. Bem, algum dia será...»

O telefone retiniu ruidosamente, pondo fim aos devaneios de Ana Maria.



- Alô!
- ...
- Ah, és tu! Enfim dás sinal de vida. Há quinze dias que não apareces!
- ...
- A trabalhar!? Desde quando o velho cábula que eu conheço, se tornou estudioso?
- ...
- Não, saíram todos. Foram ao Eden. Fiquei só em casa para pôr umas coisas em ordem, aborreci-me, resolvi escrever a uma amiga e, como o assunto era propício, daí a pouco estava sonhando...
- ...
- Contigo!? Ainda te não passou essa da cabeça?
Pelo que vejo não tens emenda. Porque não havemos de ser bons amigos, sem contudo nos degladiarmos com palavras «delicodoces» mais próprias de apaixonados?
- ...
- Não, não fiquei zangada, e a prova é que aceito o teu convite. Como não tenho disposição para continuar a escrever, será agradável um passeio para fora de Lisboa.
- ...
- Estou pronta. Dentro de cinco minutos estarei na esquina, próximo da leitaria. Conheces?
- ...
- Então adeus. Até já!

Sem o saber, Ana Maria ia caminhar para a morte, meta trágica daquele sinistro telefonema.

2
*
Na «Anta dos Mouros», próximo de Belas, um zagal que apascentava o seu rebanho, encontrou o cadáver duma jovem. Aterrorizado, correu ao posto da Guarda, que imediatamente comunicou o caso para Lisboa. Algum tempo depois, uma ambulância levava o corpo. O médico legista no seu relatório dizia que a morte, provocada por um tiro no coração, fora instantânea. O facto dera-se entre as 5 e as 6 horas da tarde.
*
Alguns dias passaram. Depois de aturadas investigações, o Insp. Moreira Miguel não chegara ainda a qualquer conclusão positiva. Uma ruga cavava-se, funda, na fronte, enquanto corria os olhos pelos presentes. A sua esperança residia agora no interrogatório que iria seguir-se.
- Decerto sabem por que razão se encontram aqui. Um crime foi cometido e urge castigar o culpado. Espero que todos procurarão ajudar-me, sendo para tanto necessário que digam o que sabem de interesse para o caso, e com a máxima veracidade.
Voltando-se para a única senhora do grupo interpelou-a:
- Queira dizer, minha senhora...
- Chamo-me Luísa Costa e era amiga de infância de Ana Maria. Para mim ela era uma verdadeira irmã e muitas vezes foi a minha confidente. Não percebo porque a mataram. Uma rapariga simpática e camarada como ela não podia ter inimigos.
Uma repentina crise de choro sacudiu a jovem. Pacientemente o Inspector esperou que ela se acalmasse. Depois, com um gesto, apontou um rapaz alto e bem trajado. Rui Pires esmagou nervosamente o cigarro no cinzeiro e principiou:
- Como grande amigo da família é-me penoso falar deste assunto. Em casa de Ana Maria sempre fui bem recebido pois me tratavam como a um filho.
- Sendo íntimo da casa, sabe de alguém que possa beneficiar desta morte?
- Não, Inspector.
- Que fez na tarde do dia fatídico?
- Fui passear para o Estoril.
- Pode precisar onde estava entre as 5 e as 6 da tarde?
- Deixe-me ver. Saí do Estoril seriam umas 5 e 15... É isso! Recordo-me agora que, ao meter gasolina no posto de Algés vi num relógio que eram 5 e 30, e ao consultar o meu, reparei que em relação àquele estava atrasado um minuto.
- Encontrou alguém conhecido?
- Não.
Seguiu-se um longo silêncio. Vendo que Rui Pires nada mais tinha a dizer, Moreira Miguel voltou-se para os dois suspeitos que faltava interrogar.
- Qual dos senhores é Gilberto Lopes?
-Eu, Inspector.
Num relance, o detective correu-o de alto a baixo. Novo ainda, feições correctas, um pequeno bigode ornava-lhe o lábio superior. Na lapela o emblema duma Faculdade.
- Estudante?
- Sim, Medicina.
- Conhecia há muito Ana Maria?
- Não. Foi-me apresentada a semana passada, num baile, pelo Ávila. Dancei algumas vezes com ela, encontrei-a duas vezes na rua e nada mais.
- Gostava dela?
- Inspector!
- Agradeço-lhe que me responda.

3
- Bem... É certo que me agradava.
- Que fez naquele dia, das 5 às 6 da tarde?
- Como os exames estão à porta, estive em casa a estudar.
- Pode prová-lo?
- Hum... Não. Mas a minha palavra deve chegar.
Victor Ávila esfregava nervosamente as mãos. Antes que o Inspector se lhe dirigisse, começou a falar rapidamente.
- Não compreendo, não compreendo. Só um selvagem praticaria tal crime. O senhor tem que fazer qualquer coisa! Se eu tivesse sabido o que lhe ia acontecer...
- Que faria, Sr. Ávila?
Victor pareceu acordar. Os seus olhos correram pelos presentes, fitaram por momentos os do Inspector e acabaram por se fixar nos cigarros amachucados no cinzeiro. Depois continuou:
- Estava muito longe de calcular o que iria acontecer quando lhe telefonei na manhã daquele dia. Como sempre estava alegre e bem disposta. Pensar que algumas horas depois...
- Donde telefonou, e a que horas?
- De minha casa, à onze.
- Porque lhe telefonou?
- Isso não interessa para o caso, Inspector.
- Estava alguém presente?
- Não, pois vivo sòzinho.
O Inspector Moreira Miguel franziu a testa. Os seus olhos quase desapareceram por detrás das pestanas. Então levantou-se, e...

INQUÉRITO:
Quem matou?
Exponha o seu raciocínio
.

Nota: Publicado em 7 de Fevereiro de 1958, na secção
do Jartur: «O Gosto do Mistério», da revista «FLAMA»

Rimas atríbuidas a António Aleixo

VERSOS NAO PUBLICADOS MAS ATRIBUIDOS AO
POETA POPULAR ALGARVIO ANTONIO ALEIXO


quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

uma imagem vale mais do que mil palavras


Urgente - Existência de verdadeiras políticas de juventude


É inquestionável a importância que as políticas de juventude assumem no processo de emancipação dos jovens enquanto políticas que devem promover e apoiar os jovens na passagem para uma nova fase das suas vidas, a fase adulta. É fundamental que os jovens a possam percorrer, com a necessária segurança e confiança de modo a atingirem um nível de vida completamente autónomo e saudável.

No Concelho de Ílhavo, torna-se difícil realizar este percurso da emancipação devido ao facto de as políticas de juventude existentes não considerarem a realidade com que os jovens se confrontam no quotidiano. Não servem o seu objectivo máximo – apoiar os jovens.

Consideramos que as políticas de juventude no concelho de Ílhavo, devem adequar-se ao perfil do jovem do século 21. Neste sentido, devem ser multidimensionais e pluritemporais.

É urgente aproximar as políticas de juventude à actual complexidade económico-social e alarga-las para uma escala global.

É urgente a existência de políticas que possam dar uma resposta global aos reais problemas dos jovens.

É urgente a existência de políticas que estejam articuladas com a política social e económica do Estado e que sejam efectivamente mais descentralizadas e com maiores recursos financeiros.

É urgente intensificar o diálogo e a divulgação de apoios e ideias que apoiem os jovens.

É urgente que se considere esta realidade, que exista uma política de habitação a custos controlados para os jovens no concelho de Ílhavo.

Consciente desta nova realidade com que os jovens se deparam, o governo lançou um novo programa, Porta 65 – Arrendamento por Jovem, com o objectivo de estimular estilo de vida mais autónomos através de um apoio no acesso à habitação. Este novo programa surgiu na sequência de uma avaliação feita ao IAJ (Incentivo ao Arrendamento Jovem), encomendada pelo Governo, cujo resultado demonstrou que aquele revelava várias insuficiências e falhas que precisavam de ser corrigidas e passa-las para a actual realidade social e económica.

Assim, com este novo programa, o Governo consegue apoiar o arrendamento jovem de forma mais justa, eficaz e sustentável, e define a introdução de 7 linhas centrais;
- O âmbito dos beneficiários é alargado. A possibilidade para os jovens que vivem em regime de co-habitação terem acesso ao apoio, ou, no caso de casais, o apoio dado pelo Governo possa ser concedido, ainda que um dos dois tenha 32 anos;
- Procedimento Legal. Transparência e rigor nas candidaturas;
- Inflação das rendas. Como consequência da aplicação incorrecta dos apoios financeiros ;
- Unidade territorial. A atribuição de apoio em função do valor da renda média por distrito, permitindo a flexibilização do apoio de região para região;
- Coesão Territorial. Será acrescido o apoio ao arrendamento em centros urbanos e históricos, de modo a promover a reabilitação e revitalização dessas áreas e a fixação de jovens em regiões com problemas graves de despovoamento;
- Coesão Social. Estabeleceu-se a tipologia da habitação adequada à dimensão dos agregados familiares. Isto é, aos jovens com familiares com deficiência a cargo ou com baixos rendimentos.
- Desmaterialização e simplificação dos processos de candidaturas. A candidatura pode ser efectuada via Internet ou em organismos de administração pública ou regional, com os quais tenham sido celebrados protocolos de colaboração.

Consideramos que o actual executivo devia assumir um papel mais importante e activo e não a assumir uma postura de indiferença no que respeita a esta temática. Consideramos que deve abandonar a postura demagógica e a crítica fácil e avançar com planos/projectos reais e bem definidos na área da juventude. Por exemplo, o actual executivo podia realizar um levantamento exaustivo dos fogos desabitados existentes no concelho e que possam ser colocados no mercado de arrendamento a preços acessíveis; Apoiar na divulgação, discussão e dinamização da nova lei do arrendamento; Promover e estimular a aplicação do programa acima referido.

Deste modo, estaria a realizar uma aposta clara na política de habitação para a juventude, promovendo assim uma política de rejuvenescimento da cidade e a fixação dos jovens.

Se o futuro que queremos, e não temos dúvidas quanto a isso, é um concelho socialmente justo, economicamente equilibrado e desenvolvido, é urgente que todos possam participar no processo de desenvolvimento e emancipação dos jovens...incluindo a autarquia.


Jorge Almeida
(Coordenador da JS Ílhavo)

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

BOMBEIROS DE VAGOS.







Tomou posse o novo comando dos Bombeiros de Vagos. No decorrer de uma cerimónia, a que assistiram representantes das diversas corporações do distrito, Miguel Sá e Luís Silva foram investidos como comandante e segundo comandante!!

Quero aproveitar este blogue para mandar um abraço ao meu amigo Miguel Sá.

Vitor Ferreira.

Corrupção. Será um facto real ou imaginário?

Cogitações de um cidadão absorto com o que se está a passar!



Falar-se de “corrupção”, nos dias de hoje, até se pode considerar um desperdício de tempo e de palavras.
Pedem-se nomes e esclarecimentos de factos concretos que fundamentem as denúncias, umas mais claras do que outras, o coro é enorme nestes pedidos, mas passados dias todos se calam ou adormecem, os nomes não aparecem e de factos reais nem cheirá-los.
A “ corrupção” é como uma corrente magnética: cheira-se, sente-se no ar, lobriga-se ao longe e ao perto, mas disto não se passa!!!!
A política serve-se deste tema conforme as ocasiões temporais ou na medida dos seus interesses partidários. Se determinada facção politica está na oposição, é um “bradar aos céus” a pedir a cabeça dos culpados para se atingir um fim desejado e que é moralização do sistema democrático. Se ao invés essa facção politica está no poder, então justifica-se que aquilo que se pede é um autentico atentado ás Instituições, quiçá, mesmo a um Estado de Direito eleito pelos portugueses e acima de toda a suspeita.
Os últimos tempos foram fartos de afirmações sobre este tema “corrupção”. A individualidade agora sob a ameaça de um inquérito meticuloso por parte da PGR é o bastonário da Ordem dos Advogados, o Dr. António Marinho Pinto, por ter feito a denuncia publica de que altos entidades em funções se têm servido das mesmas para seu uso e beneficio pessoal. Ainda hoje no forum da TSF alguém afirmava que os políticos chegam ao poder de mãos nos bolsos e saem bem recheados.
É evidente que há exageros, em se generalizar este tema. Tenho a certeza de que na classe politica a sua esmagadora maioria é gente séria!!!

Mas por vezes ficamos incrédulos com a dualidade de comportamento de pessoas que se deveriam nortear por uma coerência de decisões.
Há meses o fiscalista Saldanha Sanches pôs o dedo na ferida com as seguintes afirmações:



Saldanha Sanches


“nas autarquias da província há casos frequentíssimos da captura do Ministério Publico pela estrutura autárquica. Há ali uma relação de amizade e de cumplicidade, no aspecto bom e mau do termo, que põe em causa a independência do poder judicial.

Despacho


Exposição subscrita pelo Doutor em Direito, José Luís Saldanha Sanches, na sequência da deliberação do CSMP em sessão de 6/6/2007. O Conselho deliberou dar por encerrado o caso uma vez que não foi especificado qualquer caso concreto que não tenha sido já averiguado e objecto de apreciação pelo Conselho e, por outro Lado, as restantes considerações gerais constantes da exposição em causa constitui um exercício livre de critica num regime democrático.

António Marinho Pinto


"Existe em Portugal uma criminalidade muito importante, do mais nocivo para o Estado e para a sociedade, e que andam por aí impunemente alguns a exibir os benefícios e os lucros dessa criminalidade e não há mecanismos de lhes tocar. Alguns até ostensivamente ocupam cargos relevantes no Estado Português".


Despacho

Tendo em consideração as declarações do Senhor Bastonário da Ordem dos Advogados proferidas em entrevista dada a um órgão de comunicação social, a gravidade das afirmações feitas e a repercussão social das mesmas, determino:Ao abrigo do disposto nos artigos 241º e 262º do Código de Processo Penal, a abertura de inquérito e, nos termos do artigo 68º do Estatuto do Ministério Público, designo, para dirigir a investigação de tais factos, a Senhora Procuradora-Geral Adjunta, Drª Maria Cândida Guimarães Pinto de Almeida, Directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal, que será coadjuvada pela Senhora Procuradora-Adjunta, Drª Carla Margarida das Neves Dias, do mesmo departamento.

Pergunto eu, que sou um pouco ignorante nestas questões, se as afirmações do Dr. Marinho Pinto, também não serão, igualmente, um exercício livre de critica num regime democrático?

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

HISTÓRIAS DA VIDA....

O ‘Anjo da guarda’ de João Paulo II
O português que guardava o Papa
João Rucha Pereira, mentor do papamóvel,
foi durante 19 anos responsável
pelos projectos de segurança do Papa


Profissão: duro. Assim-assim. Um consultor de segurança também pode desarmar a postura e gotejar dos olhos. Assim foi em Maio de 1986. “Fui recebido por João Paulo II no Vaticano e convidado para assumir a responsabilidade pela sua segurança. Comecei por fartar-me de chorar porque não acreditava, foi a primeira reacção. Depois reagi logo de imediato: “Calma, estou aqui para trabalhar! E disse que havia muita coisa que ia ter que mudar’”, recorda João Gabriel Rucha Pereira, consultor de segurança, especialista em prevenção, criminalista e mediador de conflitos.


Sua santidade perguntou: “O quê?” O investigador respondeu: “Não sei”. Com muitas dúvidas, mas ao abrigo de uma certeza. “A primeira coisa a acabar era andar a passear em carros descapotáveis. Foi assim que morreu o presidente Kennedy. O Papa já tinha sofrido o atentado em Fátima e na Praça de São Pedro, em Roma. Deixou-me tentar”.

A tentativa deslizou sobre rodas. “Respeitei todas as premissas que ele me tinha dado e ele respeitou as minhas. Não abdicava de acenar às multidões e de as benzer. Chegámos a um acordo. Às vezes descobrimos o ovo de Colombo. O papamóvel, ideia minha, para mim, hoje, é o ovo de Colombo. E, graças a Deus, de Maio de 86 até à morte dele nunca mais aconteceu nada. Saí pela porta grande. Foram 19 anos de trabalho em que tudo correu bem”.

Inovou no transporte, veiculou outras medidas, refugiadas do olhar curioso do rebanho de fiéis.

“Melhorei a chamada prevenção de campo. Antes de uma viagem faz-se a investigação exaustiva dos percursos, dos factos anormais. Não acompanhava nas viagens mas fazia os chamados estudos de projectos de segurança. Depois havia pessoas que tinham que implementar essas medidas. Tudo tem importância: segurança de proximidade, paramédicos numa caravana, ambulâncias, para minimizar eventuais problemas. Não é a mesma coisa fazer um estudo para uma viagem a Portugal ou para o Paquistão, mas as pessoas admiram-se por um criminalista ter estudado antropologia!”

Menos se espantam que a espinha dorsal do ofício não vergue: discrição.

“Houve coisas que foram despoletadas, mas não posso falar delas por questões de deontologia...”. Compreende-se. O sigilo é a alma, mesmo que nem tudo pareça negócio. Foram vários os encontros com João Paulo II. Tantos que só por milagre se daria um cisma entre o trabalho e a comunhão espiritual. “Criámos uma empatia muito forte, trabalhava por paixão, de tal maneira que não foi a primeira vez nem a segunda que ao nos despedirmos vinham as lágrimas aos olhos de um e do outro. Não foi fácil... a sua morte. Estive muito indeciso, mas não fui ao funeral.

Acho que ia ser um vale de lágrimas. Estive com ele algum tempo antes. O Papa tinha o sonho ecuménico de que os católicos dessem as mãos aos islâmicos, aos protestantes... Lutou pela paz. Esse também é o meu sonho. Gostaria de mediar grandes conflitos internacionais. Se o presidente Bush me convidasse para negociar a paz no Médio Oriente, era um desafio tremendo!”

Mesmo que George W. esteja de malas feitas, é da eleição de desafios que a história de Rucha Pereira continua a rezar. À margem do jogo de cadeiras na Casa Branca. E no Vaticano. “Fui convidado para fazer a segurança de Bento XVI... mas aí já não fui capaz. Por outro lado, tenho outros sonhos pessoais. Sou consultor de vários países mas não quero estar preso a ninguém. Quero fazer o doutoramento sem ir para a universidade de bengalinha”.

Amparam-no outros predicados. Obsessivo-compulsivo, artesão da “redundância da redundância”, arquitecto de planos até à última casa do alfabeto. A política de há mais de vinte anos não é sufragável. Mas a roda do tempo impõe alternâncias. “Temos que evoluir. Comecei como consultor de segurança em 1980. Trabalhei particularmente nas Brigadas Vermelhas, um tipo de terrorismo totalmente diferente do terrorismo de hoje.

Nunca pensei, quando comecei, meter-me na mediação de conflitos, até porque não existia”. O guarda-costas desbaratou o rótulo de pastilha elástica - ‘gorila’ - e de peça de mobiliário - ‘armário’. Atributos contemporâneos de Reagan, que nem por isso se livrou de sobressaltos. Prevenção, vocábulo que puxa mais pelo cabedal da carola que do físico, é lei. “Os seguranças modernos pensam em políticas que evitam que os problemas aconteçam. A nível de segurança pessoal, quando uma entidade se desloca, nós, pelo menos quinze dias antes, vamos ver todos os trajectos que vai fazer e se há coisas anormais, desviantes.

Se uma senhora alugou um quarto a alguém, etc. Alguma coisa anormal na zona. Temos que verificar se são factos perigosos ou pura coincidência. Mas obviamente que não podemos dispensar a segurança de proximidade”. Palavra de ‘doutor’ que não se cansa de acompanhar a sofisticação das teorias e práticas. O curriculum nem com dieta adelgaçava. 17 páginas. Mestrado em curso e assiduidade máxima. ‘Psicologia Criminal e Comportamento Desviante’.

“Estou sempre a fazer especializações, cá dentro e lá fora, quando não encontro em Portugal o que procuro”. Enfermagem, impressões digitais, ADN, montar e desmontar escutas, desarmadilhar carros. O comezinho não o é, porque isto anda tudo ligado à corrente de ameaças e o fim justifica o princípio: “Quando falo de qualquer coisa gosto de estar a falar com conhecimento de causa, não gosto de fazer trabalho de gabinete, nunca gostei. Vou a seminários de contrafacção e perguntam-me “O que é que o doutor faz aqui?”. Tudo o que é desviante pode potenciar o terrorismo.

No ano passado, uma panóplia de serviços de informação, na Europa, desmontou 30 e tal grandes atentados como os de Madrid ou Londres, o que quer dizer que estas coisas dão resultado. Mas é preciso estar sempre alerta, é a história do chapéu de chuva...”.

RUCHA PEREIRA

Rucha Pereira não dispensa sombrinha. Mesmo que o céu de S. Pedro vaticine concórdia. Mas arrisca, ainda que acabe a petiscar contratempos que obrigam a repensar a rotina. Natação, bicicleta, mergulho, desportos radicais, tiro, luta. A idade no B.I. é pró-forma. 59 anos. Num destes dias, o pulso levou a pior, saiu queixoso de uma das andanças. Coisa pouca, resolvida em quinze dias.

“Quando comecei a trabalhar tentaram atentar contra a minha vida. Comecei a combater isso detectando as possibilidades de risco de algo acontecer. Alguém que ficou descontente, que não gostou de nós. Há coisas que conseguimos prever. Não tendo sempre a mesma rotina, os mesmos horários, não usando sempre a mesma viatura. Tanto ando de carro, como a pé, ou de transportes”.

Conhecimento in loco, passando sempre por despercebido. Despistado mesmo. Quem investiga é tal e qual como quem verseja: fingidor, como o poeta. “Tenho muito daquele personagem que entrava nas nossas televisões com um defeito no olho e gabardina e que fingia que se esquecia e voltava atrás. Sou um bocado assim também, despassarado propositadamente. Vou beber a tudo isto”.

A pinga de técnicas surtiu efeito. Mantém-se entre “os melhores do Mundo”, assegura. É caso para incontinência de orgulho. “Tenho o direito de ser vaidoso! É como o Figo ser o melhor do Mundo!”. No desporto-rei, onde o coração é súbdito dos encarnados, está a milhas dos craques mas paredes meias com as lições de táctica. Já em outras pistas, ainda menino e moço, sagrou-se campeão nacional de fundo de dois mil metros em atletismo.

“Sempre gostei muito de desporto e transponho muito para o trabalho. O futebol é um dos jogos mais inteligentes que foram inventados. Há uma coisa e cada um sabe o que tem que fazer. E depois há o treinador. Quando lidero grupos sinto-me um bocado o treinador. E vejamos o sucesso do Mourinho, está onde? Na psicologia”.

Lição mais que estudada. Em matéria de troféus, nem o ‘Special One’ rivaliza com Rucha Pereira. A ética encetada na década de setenta - e a estética - têm testemunho nos escritórios da sua agência de segurança privada, a Ruper. Deixaram distinções, medalhas, certificados, diplomas. Vitrinas e paredes recheadas.

A condição humana desfila por aqui em todos os trajes. Altos destinos das nações e do Mundo, multinacionais de vários sectores, omnipresentes quezílias conjugais. “Aparecem coisas esquisitas mas nada me espanta. Já tenho atendido tanta gente e o ser humano é tão complexo. E pedem-me coisas fora da legalidade: “Ah, preciso que me façam uma escuta telefónica!”.

Nem que me pagassem vinte milhões! Não faço. Temos é equipamentos para verificar se há escutas. A segurança preventiva é a minha grande paixão porque engloba tudo. Investigação, psicologia, mediação de conflitos”. A chama da “vocação”continua ateada. Se os dossiês pulam muito para outras mãos, ressente-se, com a míngua do real.

“Houve uma fase em que comecei a delegar, a delegar, e depois comecei a sentir um sofrimento enorme porque sentia muitas saudades do operacional. Continuo a fazê-lo. Às vezes apanhamos ‘sopa’, depois ‘sopa’ outra vez. As coisa não correm como queremos, mas se fosse assim tão fácil não havia investigadores. Sou teimoso até dizer chega, não desisto. Graças a Deus nunca tive grandes fracassos”.

Deus escreveu certo que a brincadeira de miúdos se tornaria caso sério. “Vim para Lisboa aos nove anos e fiz um grupo de detectives.

Curiosamente aos 12 anos ganhei o primeiro dinheiro a fazer investigações. Na altura respondemos a um anúncio num jornal de um senhor que estava a ser ameaçado com chantagens. Recebia cartas e pôs um anúncio a dizer: “dá-se cinco mil escudos de alvíssaras a quem descobrir quem me escreve cartas anónimas”.

João respondeu ao anúncio. O anunciante replicou que a incumbência “não era para meninos”. A canalha insistiu na tarefa para adultos. E averbou a recompensa. Aos 16 anos, promessa tão solene quanto adolescente. “De nos encontrarmos todos quando fossemos adultos. Entretanto o grupo dissolveu-se.

Ninguém resistiu, só eu e foi por acaso. Houve uma amiga minha que andava a ser ameaçada de morte. A polícia dizia que não podia fazer nada sem provas e que só podia actuar em flagrante delito. Consegui provocar um flagrante delito, e o indivíduo foi apanhado pela polícia”. Próximo da tropa, no limiar dos 20 anos, desampara a engenharia electrotécnica. A família não se acanha no veredicto: “maluco”.

A loucura deu-lhe boleia para Espanha. “Pensei, mas quantas pessoas terão problemas e que eu poderei ajudar. E eu que tinha a vida toda encaminhada fui fazer o curso superior de Detective Privado em Madrid e o curso de Criminologia. Estava numa multinacional, ganhava muito bem. Pedi a demissão, deixei tudo. Logo que terminei o contrato fundei a minha empresa, a 23 de Dezembro de 71, e nunca mais parei. Depois, a partir de 72, 73, tive uma ideia única no Mundo. Se escolhesse o meu melhor colega de cada país e formar um grupo internacional, seríamos os melhores do Mundo”.

EM 1980

Em Agosto de 1980, a banhos no sossego das ondas algarvias, o telefone toca. “Foi constituído em Roma um dos maiores organismos de consultores de crimimologia forense e fui avisado que tinha sido eleito co-presidente.

Telefono para o meu amigo Ernesto Manzini de Itália, e disse-lhes que estavam doidos. “Foi para ti, foi, e sabes o que disseram nos corredores? Vamos ver o que é que o miúdo faz!” Tinha 32 anos. Fui o especialista mais novo do Mundo durante muitos anos. Depois foi bola de neve”.

O “puto de Portugal” escapou ileso às avalanchas. Às viagens perdeu-lhes o conto. A narrativa das aventuras, longa, escrevinha-se em muitos idiomas. Nos anos 80, quando um ministro alemão vem passar férias ao sul do país prepara o solo quinze dias antes. Planta dois ‘hippies’ na praia a patrulhar a orla marítima, agentes zelosos do figurino da barba longa e calça rota. A sapiência popular dos recursos humanos locais compõe o quadro vivo. “Tinha uma velhinha muito simpática que trabalhava comigo. Lá ia apanhar o seu sol para o aldeamento”.

Casos de crianças desaparecidas são mais que as mães. Mas o mais mediático dos últimos tempos, acompanhou-o como o comum dos mortais: pelo ecrã. “Teria gostado de estar ligado ao caso da Maddie, mas desde o princípio”. Esse, talvez fosse caso para o companheiro do caro Watson.

Os cânones da ficção policial são passados à lupa. “A personagem do Sherlock Holmes também sempre me fascinou, é um coca-bichinhos, repara nos pormenores”. Na última passagem de ano, entre amigos, revelou outra faceta privada, o humor, e mascarou-se de Hercule Poirot, perito em charadas. Para uma delas, histórica e suspensa na parede do escritório, (ainda) não há solução. A réplica de Mona Lisa guarda um sorriso tão misterioso quanto o original. É impossível não reparar. “Não está aqui por acaso. Gosto de enigmas. E quanto mais complicados, melhor!”

" NÃO FAZ SENTIDO QUE EM RELAÇÃO À SEGURANÇA AS COISAS DEMOREM TANTO TEMPO"

- Em entrevista recente manifestou a preocupação quanto a possíveis atentados terroristas. Portugal foi situado entre quatro alvos possíveis de terrorismo. Ninguém está imune?

- Não podemos estar imunes, não vivemos sozinhos. Não há nenhum país que possa dizer que está imune. O terrorismo não começou com o 11 de Setembro. Sabemos que os árabes ocuparam a península até ao reinado de D. Afonso II, III. Alguém expulsámos dessas áreas. As ameaças que o próprio Bin Laden faz, até através das cassetes que lhe atribuíram, têm como uma das reivindicações, dentro do terrorismo islâmico, reconquistar as antigas possessões que entendem que roubámos. Aí estamos perfeitamente enquadrados. E sabemos que cada vez estão a infiltrar mais gente.

- A forma de actuar também evoluiu.

- Quando comecei até na Al Qaeda havia uma hierarquia. Com a invasão do Afeganistão pelos americanos as coisas modificaram-se. Passou para uma estrutura de células, e agora mais recentemente as nebulosas, pessoas que se agrupam em torno de determinados ideais, que aparecem e desaparecem como um nevoeiro, não seguindo a hierarquia.

- Que prevenção é possível fazer?

- Temos serviços especializados do Estado para a prevenção do terrorismo e esses sabem o que têm que fazer. O cidadão comum deve, se detecta algo de anormal, comunicar às autoridades. Não podemos é desleixar certo tipo de coisas. Uma coisa é fazer as coisas certas, outra é fazê-las muito lentamente. Nas fronteiras marítimas está a haver muita inércia. É um processo que se está a arrastar desde 2004. Não faz sentido que em relação à segurança as coisas demorem tanto tempo.


DAS TENTATIVAS DE ASSASSINATO AO VIDRO PROTECTOR DO PAPAMÓVEL

O ATENTADO DE 13 DE MAIO NA PRAÇA DO VATICANO

A 13 de Maio de 1981, João Paulo II é alvejado a tiro e ferido com gravidade pelo turco Mehmet Ali Agca quando entrava na Praça de S. Pedro. Quatro balas atingiram o Papa; duas delas perfuraram-lhe o intestino e as outras a mão esquerda e o braço direito. A viatura utilizada, desde o pontificado de João Paulo II, era apenas um carro especial para transporte do Sumo Pontífice.

UM ANO DEPOIS, NOVO ATENTADO

A 12 de Maio de 82, em Fátima, o antigo padre espanhol Juan María Fernández y Krohn tenta apunhalá-lo.

O ENCONTRO NA PRISÃO ENTRE JOÃO PAULO II E O SEU CARRASCO

A 28 de Dezembro de 1983, o Papa encontra-se na prisão com Ali Agca. O turco passou quase duas décadas preso em Itália, na sequência da tentativa de assassinato. Em 2000, foi extraditado para a Turquia. Em Janeiro de 2006 foi libertado e de novo detido, alegadamente devido a um erro na interpretação da lei de amnistia de 2002.

A VERSÃO PROTECTORA DO PAPAMÓVEL

Os papamóveis, habitualmente fabricados a partir de viaturas da Mercedes, Land Rover e outras marcas, passaram a ser totalmente cobertos com vidros à prova de bala. Em alguns modelos, o Papa viaja sentado numa cadeira semelhante a um trono. Em outros permanece em pé. Há ainda versões com reforços à prova de bomba.

NUM OITAVO ANDAR DISCRETO EM LISBOA

Evita rotinas. Muda de carro com regularidade. Anda de transportes para se confundir com a turba - e percepcioná-la. Adora desportos radicais - mesmo que custem valentes lesões, como o pulso partido. Fez ciclismo e atletismo. Gosta de ópera mas não se faz rogado no karaoke. A jardinagem ajuda-o a combater o stress. Estuda. Muito. Sempre. Da antropologia aos primeiros-socorros. E não falta às aulas na universidade onde decorre o mestrado. O curriculum já vai em 17 páginas. Aos 12 anos ganhou o primeiro dinheiro a fazer investigações. Hoje está entre os melhores do Mundo. João Gabriel Rucha Pereira é o fundador e administrador da Detectives Ruper - Serviços Internacionais de Investigação e Informação, agência com portas abertas desde 1971. O discreto 8º andar de um prédio junto à Praça de Espanha, em Lisboa, é um dos pontos do trabalho, orientado para a Investigação Privada e Consultadoria Geral de Segurança no Campo da Prevenção de Riscos, Mediação de Conflitos, Advocacia, Apoio Jurídico e Psicológico.

PERFIL

Nascido em Alenquer, em 1948, João Rucha Pereira veio aos nove anos para Lisboa com a família. Descende de uma doméstica e de um industrial, tem uma irmã e é casado com uma advogada. No curriculum, acumula cursos e pós-graduações. Mestrando em Psicologia Criminal e do Comportamento Desviante, é licenciado em Criminologia, pós-graduado em Ciências Criminais, pós-graduado em Mediação e Justiça Restaurativa, e membro e co-presidente, desde 80, do maior organismo de Consultores de Criminologia e Segurança, a nível mundial. Em breve espera abrir as portas do seu centro de formação em segurança para forças especializadas.
Fonte in CM


Pela 1ª vez nesta época senti-me orgulhoso desta época.
Foi, de longe a melhor exibição da época!

É um orgulho ter Simon Vuckcevic na equipa! Ele é a personificação do lema do Sporting " Esforço, dedicação, devoção e glória - Eis o Sporting!"

domingo, 27 de janeiro de 2008

Resultados das equipas de Aveiro

2ª Liga

Desportivo das Aves 1-1 Beira Mar
Gondomar 2-2 Feirense


Classificação:

1º Trofense 33 pts
2º Vizela 29 pts
3º Rio Ave 27 pts
4º Gil Vicente 26 pts
5º Estoril 26 pts
----------
9º Beira Mar 23 pts
---------
11º Feirense 20 pts
-----------
15º Penafiel 14 pts
16º Portimonense 13 pts



2ª Divisão

Série B

Marco - Oliveirense * desistência do Marco
Caniçal 0-0 Avanca
Sporting de Espinho 0-1 Fiães
Lourosa 0-1 Pontassolense
Esmoriz 2-1 Vila Meã

Classificação:

1º Oliveirense 43 pts
2º Espinho 31 pts
------------
8º Esmoriz 21 pts
------------
10º Fiães 20 pts
11º Leça 20 pts
12º Avanca 18 pts
13º Lourosa 11 pts


Série C


Eléctrico 1-0 Pampilhosa
Penalva do Castelo 2-1 Anadia
Torreense 2-2 Oliveira do Bairro


1º Sporting da Covilhã 43 pts
2º Oliveira do Bairro 32 pts
-------------
7º Pampilhosa 26 pts
-----------------
11º Anadia 21 pts
12º Rio Maior 20 pts
13º Caldas 17 pts
14º Sátão 16 pts


3ª Divisão

Série C

AC Viseu 2-1 Arouca
Milhoeirense 2-0 Valonguense
União de Lamas 1-3 Sanjoanense
SJ Ver 1-1 Valecambrense


Classificação:

1º Ol. Hospital 34 pts
2º Sanjoanense 34 pts
3º AC Viseu 33 pts
4º Milhoeirense 31 pts
5º Arouca 29 pts
-------------
7º U. Lamas 27 pts
8º Valecambrense 24 pts
-------------
11º S.J. Ver 21 pts
12º Figueirense 20 pts
13º Valonguense 19 pts
14º D. Sandinenses 0 pts



Distrital

Alba 0-2 Recreio
Cucujães 0-2 Estarreja
Oliveirinha 0-1 Carregosense
Arrifanense 0-3 Canedo
Pessegueirense 2-2 São Roque
Paços de Brandão 1-0 Gafanha
Cesarense 0-1 Sanguedo
Oiã 2-1 Cortegaça
BARC 2-0 Fermentelos


Classificação:

1º Recreio 48 pts
2º Estarreja 41 pts
3º Cesarense 40 pts
4º Paços 32 pts
5º Gafanha 30 pts
6º Canedo 30 pts
(...)
12º Fermentelos 25 pts
13º Carregosa 21 pts
14º Oliveirinha 20 pts
15º BARC 17 pts
16º Cucujães 17 pts
17º Cortegaça 15 pts
18º S. Roque 10 pts

Rugby - Resultados deste fim de semana.




Vasco Uva, capitão da Selecção Nacional, agora jogador do Montepellier, equipa do Top 14 Francês.


Guiness Premiership ( Inglaterra) - 11ª Jornada


Sale Sharks 20-13 Harlequins

Worcester 25-5 Bristol
Leicester Tigers 41-14 Newcastle Falcons
Gloucester 18-17 London Wasps
Sarracens 26-20 Bath Rugby
Leeds Carnegie 24-26 London Irish


Classificação:


1º Gloucester 41 pts
2º Leicester Tigers 37 pts
3º Bath Rugby 36 pts
4º Sarracens 32 pts
5º Sale Sharks 32 pts
(...)


Não houve jogos da Liga Céltica ( Magners League) esta semana.
Para relembrar todos os leitores, é o Leinster que lídera a Magners League à 10ª Jornada com 33 pontos, seguido pelos galeses do Cardiff (28), pelos escoceses do Edimburgo ( 27) pelos galeses do Lianelli (26) e pelos seus rivais irlandeses do Munster (25) que contam menos uma partida que os 4 restantes.
A competição voltará a 15 de Fevereiro.



TOP 14 ( França) - 7ª Jornada


Auch 3-34 Toulouse
Bourgoin 16-31 Stade Français
Montauban 12-11 Dax
Castres 15-14 Clermont
Montepellier 37-13 Bayonne *
Brive 25-6 Albi
Biarritz 21-8 Perpignan


* Os irmãos Uva não foram convocados para esta partida.


Classificação:
1º Toulouse 29 pts
2º Clermont 23 pts
3º Biarritz 22 pts
4º Stade Français 21 pts
5º Montauban 20 pts
6º Montepellier 20 pts
(...)



Pro D2 ( 2ª Divisão)


Pau 19-17 Aurillac
Limoges 11-15 La Rochelle
Narbonne 25-10 Oyonnax
Lyon 15-6 Beziers*1
Stade Montois 10-6 USBCABBG *2
Tarbes 14-16 Agen *3
Blagnac 17-29 Grenoble *4
Racing Metro 15-21 Toulon



*1- Cedric Leite foi titular pelo Lyon na posição de Centro.

*2- André da Silva não participou na vitória do Mont du Marsan frente ao USBCABBG.

*3- António Aguilar foi titular pelo Tarbes na posição de Ponta.

*4- Na equipa mais portuguesa de França, pelo Blagnac, Duarte Cardoso Pinto e Christian Spachuk começaram no banco.



Classificação:

1º Toulon 52 pts
2º Stade Montois 42 pts
3º Grenoble 38 pts
4º Racing Metro 36 pts
---------
6º Lyon 34 pts
------------
14º Tarbes 16 pts
15º Limoges 15 pts
16º Blagnac 5 pts


Super 10 ( Itália)



Catania 13-35 Overmach Parma
Benetton Treviso 27-27 Petrarca *
Rovigo 6-24 Calvisano
Parma 25-18 Almaviva Capitolina
Viadana 28-13 Casino Di Venezia


* José Pinto voltou a alinhar pela 2ª equipa do Benetton Treviso.



Classificação:
1º Viadana 29 pts
2º Benetton 27 pts
3º Overmach 27 pts
4º Petrarca 25 pts
5º Calvisano 23 pts
6º Rovigo 22 pts
(...)




Roménia (Campeonato Nacional)


Grupo de Playoff.


Steaua Bucaresti 52-0 Timissoara.


1º Steaua Bucaresti 5 pts.
6º Timissoara 0 pts


Além destes, no grupo de playoff temos o Cluj, o Baia Mare, o campeão Dínamo de Bucaresti e o Farul.



Grupo de Play-out:
Suceava 20-18 Brasov
Olimpia 8-5 Grivita
Barlad 13-12 Iasi


1º Suceava 4 pts
2º Olimpia 4 pts
3º Barlad 4 pts
4º Brasov 1 pt
5º Grivita 1 pt
6º Iasi 1 pt



Espanha ( Division de Honor) - 12ª Jornada



Classificação:
1º Centransa El Salvador 46 pts\-2 jogos
2º Bwin C.R.C Madrid 43 pts
3º Cajasol Ciências 35 pts
4º Getxo 33 pts
5º Valladolid 31 pts
6º Spyro Bera Bera 23 pts\-1 jogo
7º Santboiana 22 pts\-1 jogo
8º Alcobendas Rugby 22 pts
9º Ordízia 21 pts
10º F.C Barcelona 7 pts



Portugal ( 1ª divisão de honra)



Cascais 3-85 Agronomia
Belenenses 18-20 CDUL
Direito 31-17 CDUP
Benfica 52-5 Académica



Classificação:
1º CDUL 33 pts
2º Agronomia 32 pts
3º Benfica 27 pts
4º Direito 25 pts
5º Belenenses 25 pts
6º CDUP 11 pts
7º Cascais 7 pts
8º Académica 6 pts



* Nota: A Nossa Selecção Nacional entra em campo no próximo sábado, frente à Georgia, em Tiblissi em jogo de atraso, referente ao Torneio Europeu das Nações ou Torneio das 6 Nações B, como queiram.
Se entretanto, não voltar a mencionar algo sobre esta partida importantíssima nas aspirações lusas, boa sorte para " Os Lobos".
Sábado, postarei a ficha de jogo e o seu respectivo comentário.

NBA #15 Resultados e classificações





Resultados:


Domingo, 20 de Janeiro de 2008


New Jersey Nets 92-117 Phoenix Suns


Segunda, 21 de Janeiro de 2008

Boston Celtics 109-93 New York Knicks
San Antonio Spurs 95-86 Charlotte Bobcats
Portland Trail Blazers 111-109 Atlanta Hawks
Milwaukee Bucks 92-106 New Orleanse Hornets
Minnesota Timberwolves 109-108 Golden State Warriors
Detroit Pistons 100-102 Orlando Magic
Denver Nuggets 99-116 Los Angeles Lakers
Cleveland Cavaliers 97-90 Miami Heat
Chicago Bulls 90-104 Memphis Grizzlies
Utah Jazz 109-93 Los Angeles Clippers
Seattle Supersonics 89-96 Houston Rockets
Indiana Pacers 110-103 Philadelphia 76 ers
Dallas Mavericks 84-102 Washington Wizards


Terça, 22 de Janeiro de 2008

Phoenix Suns 114-105 Milwaukee Bucks
Nw Jersey Nets 94-128 Sacramento Kings


Quarta, 23 de Janeiro de 2008


Detroit Pistons 86-78 Philadelphia 76 ers
Washington Wizards 85-121 Cleveland Cavaliers
Orlando Magic 112-85 Memphis Grizzlies
Phoenix Suns 107-117 Minnesota Timberwolves
Los Angeles Lakers 91-103 San Antonio Spurs
Houston Rockets 109-107 Seattle Supersonics
Sacramento Kings 85-111 Los Angeles Clippers
Atlanta Hawks 100-107 Denver Nuggets
Indiana Pacers 95-108 Chicago Bulls
Portland Trail Blazers 81-96 New Orleans Hornets
Toronto Raptors 114-112 Boston Celtics
DallasMavericks 102-95 Charlotte Bobcats


Quinta, 24 de Janeiro de 2008

San Antonio Spurs 90-89 Miami Heat
New Jersey Nets 119-121 Golden Stat Warriors
Indiana Pacers 92-104 Milwaukee Bucks


Sexta, 25 de Janeiro de 2008

Milwaukee Bucks 75-106 Toronto Raptors
Phoenix Suns 110-108 Cleveland Cavaliers
Minnesota Timberwolves 86-87 Boston Celtics
Los Angeles Clippers 92-111 New Orleans Hornets
Los Angeles Lakers 105-112 Dallas Mavericks
Sacramento Kings 113-127 Utah Jazz
Atlanta Hawks 99-90 Seattle Supersonics
Houston Rockets 89-79 Portland Trail Blazers
New Jersey Nets 85-100 Denver Nuggets
Charlotte Bobcats 90-77 Chicago Bulls
Philadelphia 76 ers 81-89 New York Knicks
Orlando Magic 93-101 Detroit Pistons
Memphis Grizzlies 93-104 Washington Wizards


Sábado, 26 de Janeiro de 2008

Indiana Pacers 96-98 Miami Heat
Los Angeles Clippers 120-125 Memphis Grizzlies
Philadelphia 76ers 103-96 Charlotte Bobcats
New Orleans Hornets 102-78 San Antonio Spurs


Classificação:


Conferência Este:

1º Boston Celtics 34v-8d-81%
2º Detroit Pistons 31v-13d-70.5%
3º Orlando Magic 28v-18d-60.9%
4º Washington Wizards 23v-18d-56.1%
5º Toronto Raptors 24v-19d-55.8%
6º Cleveland Cavaliers 23v-19d-54.8%
7º Atlanta Hawks 18v-21d-46.2%
8º Indiana Pacers 19v-26d-42.2%
9º New Jersey Nets 18v-25d-41.9%
10º Chicago Bulls 17v-26d-39.5%
11º Milwaukee Bucks 17v-27d-38.6%
12º Charlotte Bobcats 17v-27d-38.6%
13º Philadelphia 76ers 17v-28d-37.8%
14º New York Knicks 14v-28d-33.3%
15º Miami Heat 9v-33d-21.4%



Conferência Oeste:

1º New Orleans Hornets 31v-12d-72.1%
2º Phoenix Suns 32v-13d-71.1%
3º Dallas Mavericks 29v-13d-69%
4º Denver Nuggets 26v-16d-61.9% * em virtude de ser líder de divisão
5º San Antonio Spurs 28v-14d-66.7%
6º Los Angeles Lakers 27v-14d-65.9%
7º Golden State Warriors 26v-18d-59.1%
8º Portland Trail Blazers 25v-18d-58.1%
9º Utah Jazz 25v-18d-58.1%
10º Houston Rockets 24v-19d-55.8%
11º Sacramento Kings 18v-24d-42.9%
12º LA Clippers 13v-27d-32.5%
13º Memphis Grizzlies 13v-31d-29.5%
14º Seattle Supersonics 9v-34d-20.9%
15º Minnesota Timberwolves 7v-35d-16.7%



Líderes individuais:

Pontos - Lebron James ( Cleveland Cavaliers) - 29.6\ppj
Ressaltos- Dwight Howard ( Orlando Magic) - 14.9\rpj
Assistências - Steve Nash ( Phoenix Suns) - 12\apj
Abafos - Marcus Camby ( Denver Nuggets) - 3.93\abpj
Duplos-duplos - Dwight Howard ( Orlando Magic) - 39 duplos-duplos.

Mercado de Transferências de Inverno VI



Erandir (Bra) ---- Do Atlético Paranaense --- para o Fortaleza em definitivo.

Nene ( CV) ---- Do Al-Arabi ---- para o Ergotelis em definitivo.

Tomás Wisio ( Pol) --- do Xanthi ---- para o LASK Linz em definitivo.

Leandro Machado ( Bra) Avançado ---- do Ulsan Sport --- para o Sport em definitivo.

Andrea Caracciolo ( Ita) ---- da Sampdoria ---- para a Lázio em definitivo ( 4 milhões de euros)

Seba Dominguez ( Arg) -- Estudiantes de La Plata --- para o América em definitivo ( 3.5 milhões de euros)

Raul Esteves ( Arg) ---- da Académica --- para o Universidade do Chile em definitivo.

Celestine Babayaro ( Nig) defesa esquerdo --- do Newcastle -- para o LA Galaxy em definitivo.

John Aloisi ( Aus) Ponta de Lança --- Do Alavés ---- para o Central Coast em definitivo.

Eduardo Ratinho ( Bra) ---- do CSKA Moscovo ---- para o Toulouse em definitivo ( 2 milhões de euros)

Milos Brezinsky ( Che) ---- do Slovan Liberec --- para o Timissoara em definitivo ( 1 milhão de euros)

Pepe Pla ( Esp) ----- do PSV Eindhoven --- para o Levante em definitivo.

Ricardo Veron ( Arg) --- do Siena --- para o PAOK Salónica por empréstimo.

Hayden Foxe ( Aus) defesa central\médio defensivo ---- do Leeds United --- para o Perth Glory em definitivo.

Danny Tiatto ( Aus) médio centro ---- do Leicester --- para o Queensland em definitivo ( 2 milhões de euros)

Paul Agostino ( Aus) Avançado --- do Munique 1860 --- para o Adelaide United em definitivo.

Stephen Laybutt ( Aus) ---- do Gent ---- para o Newcastle Jets em definitivo ( 1 milhão de euros)

Ricardo Faty ( Fra) médio centro ---- do Leverkusen --- para o Nantes em definitivo (1,5 milhões de euros)

Edinho ( Por) Avançado ---- do Vitória de Setubal ---- para o AEK Atenas em definitivo ( 2 milhões de euros)

Milan Baros ( Che) Ponta de Lança --- do Lyon --- para o Portsmouth em definitivo ( cerca de 5 milhões de euros)

Roy Carroll ( IRL N) Guarda Redes --- do Rangers ---- para o Derby Country em definitivo ( cerca de 1,5 milhões de euros)

Diego Placente ( Arg) defesa esquerdo ---- do Celta de Vigo --- para o San Lorenzo de Almagro em definitivo.

Justo Villar ( Par) Guarda Redes --- do Newell´s Old Boys -- para o Valladolid em definitivo.

Mourad Bonhamida ( Fra) ---- do Lyon ---- para o Montpellier em definitivo.

Taouill ( Mar) ----- do Montpellier ---- para o Kilmarnock em definitivo ( cerca de 1,5 milhões de euros)

Benoit Angwba ( Cam) defesa centro\esquerda --- do Krylia Sovetov --- para o Saturn ( 2 milhões de euros)


Total: 27 milhões de euros.
Total deste Janeiro: 176.3 milhões de euros.

Dinamarca , campeã Europeia de Andebol


É a nova campeã europeia de Andebol, após bater a Croácia por 24-20 na final, disputada esta tarde em Oslo.

Em que ficamos Vieira?


Luis Filipe Vieira, em declarações na Casa do Benfica de Alcochete, teceu duras declarações à arbitragem de João Ferreira ( outrora " um dos nossos" numa escuta feita a uma conversa dúbia de Vieira) no jogo de ontem em Guimarães frente ao Vitória local.
Então, Sr. Luis Filipe Vieira, o Sr. João Ferreira já não é " um dos vossos"?
E Vieira foi mais longe:
" Mesmo a 11 pontos ainda incomodamos muita gente" - Nota-se.
" Actualmente a nossa actuação é transparente" - Quer dizer que em certos momentos do passado não o foi?
Em que ficamos Vieira?

Open da Austrália 2008 - "Vitórias do Leste"



No quadro masculino, a vitória sorriu ao Sérvio Novak Djokovic ( que eliminou o todo poderoso Roger Federer na meia final) ao bater a revelação francesa do torneio Tsonga, no quadro feminino, a vitória sorriu à belíssima russa Maria Sharapova.

Mercado de Transferências de Inverno V



João Paulo Brito ( Por\Bul) médio direita ---- Do Regensburg ---- para a União de Leiria em definitivo.

Carlos Ruiz ( Hon) ---- do Dallas ---- para o Los Angeles Galaxy --- em definitivo.

Josélito Vaca ( Bol) Médio centro ---- do Blooming ---- para o Alki Apollon --- em definitivo ( 1 milhão de euros)

Philip Baardsley ( Ing) ----- do Manchester United ---- para o Sunderland ---- em definitivo.

Lucas Zelenka ( Che) ---- do Maniasport ---- para o Westerloo em definitivo.

Bruno Silva ( Uru) ---- do Groningen ---- para o Ajax --- em definitivo ( 2 milhões de euros)

Leon Andreasen ( Din) --- do Werder Bremen ---- para o Fulham em definitivo.

Gojko Kacar (Ser) médio de ataque ---- FC Vojvodina ---- para o Hertha de Berlim ( cerca de 1,5 milhões de euros)

Dave Bus ( Hol) ---- do De Grafschapp ---- para o Aberdeen por empréstimo.

Daniel Ljuboja (Ser) Avançado --- do Estugarda ---- para o Wolfsburg por empréstimo.

Marcel ( Bra) Ponta de Lança ---- do Benfica --- para o Cruzeiro por empréstimo.

Gilberto ( Bra) defesa esquerdo ---- do Hertha Berlim --- para o Tottenham em definitivo ( 1,5 milhões de euros)

Diego Benaglio ( Sui) Guarda Redes --- do Nacional ---- para o Wolfsburg em definitivo ( 1 milhão de euros)

Matheus ( Bra) Extremo esquerdo\direito ---- do Vitória de Setúbal --- para o Braga ( regresso de empréstimo)

Kanu ( Bra) Avançado ---- do Marítimo ----- para o Ankaraguçu em definitivo ( 300 mil euros)

Sammy Bangoura ( Mali) Avançado ---- do Boavista --- para o Cadiz em definitivo.

Marquinho ( Bra) defesa centro ---- do Boavista --- para o Vasco da Gama em definitivo.

Milos Bosancic ( Ser) ---- do Boavista ---- para o Partizan de Belgrado em definitivo.

Marcinho Guerreiro ( Bra) Avançado ---- do Metallurg Donetsk --- para o Santos em definitivo.

Sérgio Almirón ( Hond) médio ---- da Juventus ---- para o Mónaco por empréstimo.

Jerson Monteiro ( Ang) ---- dos Chicago Fire ---- para o DC United em definitivo.

Andrés Mendoza ( Peru) Ponta de lança --- do Mettalurg Donetsk ---- para o Steau de Bucareste ( 2 milhões de euros)

Edmundo ( Bra) ---- do Palmeiras ---- para o Vasco da Gama em definitivo.

Carlos Bueno ( Uru) Ponta de lança ---- do Boca Juniores ----- para o Penarol em definitivo ( 1 milhão de euros)

Rade Prica ( Sue) médio centro ---- do Aalborg ---- para o Sunderland em definitivo ( por 1,5 milhões de euros)

Eddie Johnson ( EUA) médio centro --- dos Kansas Wizards ---- para o Fulham em definitivo.

Betão ( Bra) ---- do Corinthians --- para o Santos em definitivo.

Fabinho ( Bra) ---- do Toulouse ---- para o Corinthians em definitivo.

Leandro Grimi ( Arg) defesa esquerdo ---- do Milan ---- para o Sporting por empréstimo.

Marco Ruben ( Arg) ---- do River Plate --- para o Villareal em definitivo ( 3 milhões de euros)

Christian Maidana ( Arg) --- do Banfield ---- para o Spartak de Moscovo em definitivo ( 2 milhões de euros)

Anilton Jr ( Bra) Avançado --- do Braga ---- para o Pandurii em definitivo ( cerca de 250 mil euros)

Fabiano Oliveira ( Bra) ---- do Goiás ---- para o Nacional.

Cousin ( Guiana) ---- do Rangers ---- para o Fulham em definitivo ( 3,5 milhões de euros)

Juan Pablo Pino ( Col) --- do Monaco ---- para o Charleroi em definitivo.

Edson ( Bra) defesa esquerdo --- do Corinthians --- para o Nacional em definitivo.

Gueye ( Gui) ---- do Metz ---- para o Auxerre em definitivo ( 750 mil euros)

Dembele ( Fra) Avançado --- do AGF Arhus --- para o Auxerre em definitivo ( 1 milhão de euros)

Mauro Zarate ( Arg) Avançado ---- Al-Saad --- para o Birmingham ( 5 milhões de euros)


Marcelo Gallardo ( Arg) médio de ataque --- PSG --- DC United em definitivo.

Matias Cahais ( Arg) ---- do Boca Juniores --- para o Groningen em definitivo.

Dayro Moreno ( Col) ---- do Once Caldas --- para o Steaua de Bucareste em definitivo.

Rolando Bianchi ( Ita) Avançado --- do Manchester City ---- para a Lázio em definitivo ( 6 milhões de euros)

Franco Di Santo ( Arg) ---- Do Audax Italiano --- para o Chelsea ( 2,5 milhões de euros)

Guilherme ( Bra) --- do Vasco da Gama --- para o Almeria em definitivo.

Jayr Baylon ( Per) médio ---- do Sporting de Braga --- para o Setubal por empréstimo.

Nikos Spiroupoulos ( Gre) --- do Panionios --- para o Panathinaikos ( 1 milhão de euros)


Total: 36.8 milhões de euros
Total desta janela de transferências: 149.3 milhões de euros.

Futsal 14ª Jornada

Sassoeiros 0-6 Belenenses
Benfica 3-6 F.J Antunes
Alpendorada 3-3 Boavista
UTAD 3-2 Fundão
Instituto D.João V 8-3 Nogueirense
Freixieiro 4-4 Vila Verde

Segunda: SL Olivais-Sporting 21.15



Classificação:

1º Belenenses 42 pts
2º Benfica 39 pts
3º Freixieiro 30 pts
4º Sporting 30 pts\-1 jogo
5º FJ Antunes 30 pts
6º SL Olivais 25 pts\-1 jogo
7º Fundão 17 pts
8º Alpendorada16 pts

Adepto do Vitória esfaqueado...

Um homem de 30 anos, alegadamente adepto do Vitória de Guimarães, foi esfaqueado no tórax por um presumível adepto do Benfica antes do jogo da 17ª jornada da Liga.

O indivíduo está "estável", segundo fonte do Centro Hospital do Alto Ave, em Guimarães, confirmou à Agência Lusa, mas ficou internado para observações. A lesão foi provocada por uma arma branca, afirmou a mesma fonte.

O presumível autor da agressão foi detido pela PSP. Apesar do reforço policial não foram evitadas as escaramuças entre os adeptos de ambos os clubes. Registaram-se alguns confrontos entre as claques do Vitória de Guimarães e do Benfica, com arremesso de pedras e garrafas, tendo resultado ferimentos ligeiros em mais três pessoas.

Em jogo estava a disputa do segundo lugar do campeonato. A tensão sentiu-se também nas bancadas, quando depois do primeiro golo os adeptos benfiquistas mandaram alguns tochas para o terreno de jogo, obrigando à sua interrupção por alguns minutos.



Fonte: www.record.pt

sábado, 26 de janeiro de 2008

Futebol Feminino Ano III Nº3



Selecção Nacional A supostamente de Futebol de 11
A seleccionadora nacional Mónica Jorge divulgou a lista de convocadas para o jogo de preparação com o País de Gales, a realizar dia 30 de Janeiro(quarta-feira) em Mafra.
Como não podia deixar de ser saltam à vista as chamadas das jogadoras de Futsal. Não sei o que sentem jogadoras de Futebol de 11 que se vêem preteridas por colegas de outra modalidade, mas imagino que seja estimulante!!! Que vergonha. Assim continua o Futebol Feminino em Portugal, moribundo, se é que existe…

Eis a lista de convocadas:
Boavista FC: Helga Pinto;
C.P.Martim: Carole Costa;
Escola F.C.: Neide Simões;
FC Puebla: Kimberly Brandão e Sónia Curvelo;
I’R: Ana Rita e Liliana Martins;
NJ WildCats: Lissette Brandão;
Prainza Zaragoza: Emily Lima;
S.C. Maria da Fonte: Mélissa Antunes;
S.U. 1.º Dezembro: Ana Valinho, Carla Couto, Cátia Reis, Edite Fernandes, Inês Borges, Sílvia Brunheira, Sónia Matias e Tânia Pinto;
U.A.C. Lagos: Cláudia Neto e Jamila Marreiros.

Algarve Cup 2008
Aproxima-se mais uma edição da Algarve Cup e já vão sendo divulgadas algumas novidades nas páginas das selecções habitualmente presentes. Por enquanto ainda não existe nada no site da FPF, mas estamos em condições de adiantar os grupos.

Grupo A ou B: Alemanha, Dinamarca, Finlândia e Suécia
Grupo A ou B: China, Estados Unidos, Itália e Noruega
Grupo C: Islândia, Polónia, Portugal e Republica da Irlanda

Portugal vai fazer o 1º jogo contra a R. Irlanda no dia 5 de Março. Dia 7 joga com a Polónia e dia 9 joga com a Islândia.


Campeonato Nacional Feminino – 1ª Divisão
13ª Jornada
Várzea – Boavista 2-1
Murtoense – Escola 1-0
Odivelas – 1º Dezembro 0-7

Na selecção não existem novidades e no campeonato também não. O 1º Dezembro continua a passear-se rumo a novo título. Desta feita foi ao terreno do Odivelas golear por 7-0 e já está com 12 pontos de vantagem.
O 2º classificado, Boavista perdeu com o Várzea e já está sem ganhar à 3 jogos. O Várzea continua a sua luta pelo 3º lugar com Murtoense e com Escola.
Estas duas equipas defrontaram-se no passado Domingo e a vitória sorriu ao Murtoense que assim ultrapassou a equipa de Molelinhos na classificação. A equipa do distrito de Viseu já não vence desde o dia 2 de Dezembro, na goleada de 9-2 ao Odivelas.

Próxima Jornada:
14 – 3/2/08

1º Dezembro – Várzea
Odivelas – Escola
Boavista - Murtoense

Taça de Portugal – III Eliminatória
Realiza-se este domingo a 3ª Eliminatória da Taça de Portugal, com os seguintes jogos:
Albergaria - Oliveirense
Várzea - Murtoense
1º Dezembro - Odivelas
Avintes - Escola FC


Suécia
Damallsvenskan

Já é conhecido o calendário para o Damallsvenskan de 2008 que começa a 6Abril. O sorteio ditou a seguinte 1ª jornada:

Kristianstads - Djurgården
Bälinge - Örebro
Umeå Södra - Sunnanå
Hammarby - LdB FC Malmö
AIK - Umeå
Linköpings - Kopparbergs/Göteborg


Inglaterra
(TEsco Women’s Premier League)

Chelsea - Blackburn 1-1
Liverpool - Leeds United 0-3(veja o vídeo)

Até para a semana.

para animar o banco



sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

HAKA_BAR...

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008



Europa Portuguesa
Desde já peço desculpa a todos aqueles que visitam o blog mas devido a Problemas Pessoais (Leia-se Mudança de Casa), não tive oportunidade de postar mais cedo a habitual crónica que sai todas as sextas-feiras. Por causa disso esta crónica digamos que será especial pois vai abranger as duas ultimas jornadas e assim antecipar a crónica que devia sair amanhã.

Espanha: O Real Madrid continua seguro no 1º posto de “La Liga” perseguido pelo Barça que está a 7pts. Destaque para a vitória esmagadora do Barça sobre o Murcia por 4-0 (19ª Jornada) e para o Derbi Madrileno entre o Altlético e o Real que terminou com a Vitória dos “blancos” sobre os “colchoneros” por 2-0 (20ª Jornada). Simão e Pepe saíram lesionados
Curiosidade: Sabia que o Corunha que já foi campeão de Espanha está a sentir dificuldades para permanecer na “La Liga”

Itália: Na estreia de Maniche no campeonato transalipino, o Inter continua dono e senhor do topo da tabela tendo vencido, por 3-2, o Parma (19ª Jornada) de Fernando Couto (que acabou expulso aos 90min devido a penalty duvidoso). Quem também começou a brilhar no campeonato italiano foi o miúdo Alexandre Pato tendo facturado no jogo que o Milan ganhou ao Nápoles por 5-2.
Curiosidade: Fiorentina é a 2ª equipa com mais vitória consecutivas

Inglaterra: Por terras de sua majestade quem continua a ser o Rei do futebol Inglês é o “nosso” CR7. Mais uma vez em destaque no grande jogo desta dupla jornada (22ª jornada a 12 de Janeiro & 23ª Jornada a 19 de Janeiro), Cristiano molhou a sopa por 3 vezes frente ao Newcastle no jogo em que o ManUtd simplesmente cilindrpu por 6-0.

De destacar ainda a luta renhida no topo da classificação entre Arsenal e Man Utd ambos 54 pts.
Curiosidade: El Hadji Diouf é o 2º jogador mais amarelado da Premier League

Cumprimentos e Até dia 1 de Fevereiro
BD

BASTIDORES E ETC. -1- Nos Bastidores de uma derrota anunciada...




Nos bastidores de uma derrota anunciada


A história que se segue é baseada em relatos que me chegaram através de um amigo que, até ao momento, considero incapaz de mentir ou prejudicar alguém deliberadamente. É uma história "soft", para especular (TSTN) sobre um tema que estará sempre ligado ao jogo.

O jogo de futebol terá sempre, obrigatoriamente, um mediador! A figura do árbitro será sempre necessária para que seja garantida a aplicação das leis do jogo! Errar todos erram: público/dirigentes/treinadores/jogadores/árbitro... No que diz respeito aos juízes de campo, há uma frase que não me sai da cabeça:"Não acredito em bruxas, mas que as há, há!..."

De qualquer forma, de uma maneira geral, acredito na honestidade dos árbitros e também acredito que errar é humano e que o erro está sempre associado ao futebol. Sem o erro, não havia golos... Este assunto permite um debate de argumentos quase infinito (com razão para todas as partes) e é por isso que passo desde já para a história que tenho para contar:
.
Corrupção Talvez Sim Talvez Não
. Ficção (TSTN)

No final de uma época já distante, duas equipas iam disputar uma liguilha para acesso à divisão superior do Distrito. Ambas tinham acabado em segundo lugar nas suas respectivas séries e agora só uma podia garantir a subida, ganhando o despique. Uma das equipas era conhecida por repetidamente estar envolvida em situações estranhas de bastidores e a outra era demasiado pobre para entrar nessas andanças.
Nessa altura, segundo rezam as crónicas (em "off"), as nomeações dos árbitros passavam por um senhor ex-árbitro que já nem sequer estava nos quadros da respectiva associação. Era algo do género: "dás cinquentinhas e vais ter o árbitro que queres..." Era certamente um "free lancer" colaborador da Associação e essencialmente colaborador de alguns directores de alguns clubes...
Tudo isto poderá ser mentira. Mas se de repente o treinador (já retirado) da equipa que ganhou a contenda diz em público que: "...tivemos nos dois jogos os árbitros que nos convinham melhor!..." (???)
Conta quem viu e ouviu que foi uma coisa do género: tudo em família. Na realidade, esses dois jogos foram apitados por 2 irmãos, não gémeos, mas em perfeita sintonia... Servindo não em bandeja, mas em "Pires" de ouro...

O que se passou nesses dois jogos, deve dar para adivinhar. Foram coisas parecidas com outras que se passam em todos os jogos estranhos. Um pormenor engraçado: a equipa que perdeu, sofreu nos dois jogos quase metade dos golos que tinha sofrido num campenato de 26 partidas...
Estranho, não?

NOTA: Sou muito amigo do meu amigo, mas...
Esta história pode não ser verdadeira ou então, TSTN (tavez sim talvez não) ...


História contada no Futebol Treino e Jogo

Diferenças entre o Sensual e Pornografia...


[clica na imagem]

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Mundo Policiário 5/08

Onaírda

Dic Roland e KO = Presentes

Temas deste Mundo Policiário
Solução do problema "A Morte passou pelo RCW1" de Sete de Espadas

Carta de Katinha Vanessa para o seu padrinho Zé (autor A. Raposo)

Antes, duas notas de Onaírda

1- Publico/Policiário. Época de 2007/2008. Estão definidos os 128 concorrentes que passaram à 2ª eliminatória da Taça de Portugal. Foi publicado o Regulamento do I Concurso de "Short Stories" promovido pela Tertulia Policiária Valtejo.


2- Na próxima quarta-feira 30 de de Janeiro realiza-se mais um almoço mensal da Tertulia da Liberdade, o qual terá lugar, como habitualmente no Restaurante do Mercado da Ribeira a partir das 12h30. Confrade amigo: COMPARECE.



SOLUÇÃO DO PROBLEMA
"A MORTE PASSOU PELO RCW1"


NOTA. Solução vista por Ann Metal Rose.

A partir das declarações dos três suspeitos, conclui-se o seguinte: o locutor que estava com a Ivone “no ar” às 15h, e saiu para tomar um café no bar, não é o assassino, pois a Ivone ainda foi vista com vida pelo técnico Jorge Simões, que saiu do bar assim que o locutor aí chegou. Assim, restam dois suspeitos: Jorge Simões e Filipa. O técnico diz que, quando passou pelo corredor e olhou para dentro do estúdio, viu a Ivone na locução e depois cruzou-se com a Filipa na entrada do edifício.
Quanto às declarações da Filipa: esta confirmou que cruzou com Jorge Simões e diz que, quando olhou para dentro do estúdio, não viu ninguém e continuou o seu caminho até ao bar. Afirma ainda que, depois de tomar um café, desceu as escadas e, quando estava no início do corredor, ouviu um tiro que lhe parecia ter vindo do estúdio. Depois, encontrou a Ivone morta.
Mas será que a Filipa diz a verdade? Como é que ela pode afirmar que ouviu um tiro vindo do estúdio? Na verdade, isso é impossível pois o estúdio é à prova de som, como é afirmado no texto americano plagiador: “E, quando a pesada porta almofadada e à prova de som se fecha automaticamente…”

Assim, conclui-se que a Filipa mente! E mesmo sabendo-se que o locutor, colega da Ivone, tenha descido logo atrás da Filipa e se tenha dirigido para o estúdio, encontrando a Ivone caída e a Filipa a chorar, não iliba de maneira nenhuma esta última.


Filipa assassinou a Ivone e fê-lo antes de ir tomar café. Assim que entrou no edifício, subiu as escadas e entrou pelo corredor. Viu a Ivone sozinha no estúdio e resolveu entrar. Estava uma música “no ar” e o microfone estava fechado. Filipa tira a arma da sua bolsa e desfere o disparo mortal no parietal direito da Ivone. Ninguém do edifício ouviu nada e também nenhum ouvinte da rádio deu pelo sucedido. Filipa teve ainda tempo para limpar a arma (caso não tenha usado luvas) e colocá-la na mão da Ivone para dar a entender que tinha havido um suicídio. E, para que o crime fosse perfeito, assim que a música acabou, Filipa põe uma fita magnética para não houvesse interrupção no programa de rádio. Seguidamente sai do estúdio e vai tomar o seu café ao bar. E depois já nós sabemos o resto da história.

Com tudo isto, o hipotético suicídio da Ivone fica fora de questão, pois, para além de não haver razões para isso ter acontecido, foi encontrado um dos suspeitos a mentir, o que encerra automaticamente o caso.

{ publicado na secção “Policiário” do jornal “Público” de 13 de Dezembro de 1992 }

«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«-«


Carta de Katinha Vanessa para o seu padrinho Zé (20/01/2008)

Nota de Onaírda: A nossa afilhada Katinha Vanessa está de partida para os Estados Unidos, mais concretamente para New Bedford, a 15 de Fevereiro. Está a tentar visitar os seus padrinhos, um a um, para em forma de despedida, matar saudades dos mesmos. Sabemos que já visitou o padrinho Zé, mas este fecha-se em copas e nada diz aos compadres. Sabemos que vai estar muito perto do local onde se realizará o próximo almoço da Tertulia da Liberdade, mas por causa da presença da Tempicas não se vai mostrar nesse dia.

Padrinho Zé

Há que tempos que não lhe dava de vaia! Nem a si nem a ninguém.
O Inverno do meu descontentamento escorre lento e frio nas goteiras da minha janela da sacada, onde passeio o tédio e as tardes sombrias.


Nada já me faz esquecer aquele verão abrasador, em que rebolámos felizes (como dois texugos) monte abaixo até à valeta onde os nossos corpos, finalmente, se encontraram. O tempo não apaga as marcas das coisas boas que nos sucederam. Recordo as amoras silvas que fomos trincando na subida do Caramulinho.


Lembra-se de me ter levado ao colo, monte acima, com receio que as urtigas fustigassem as minhas coxas rosadas? Lembra-se de tirar a sua própria camisa fazendo-a de almofada para repousar os meus loiros caracóis? E secar-me com o seu lenço de cambraia os meus seios orvalhados do esforço?


Pena foi ter chegado o guarda-florestal e nos ter surpreendido em posição de completa lassidão, infelizmente confundida com posições que jamais (jamé...em francês) pretendemos articular. Valeu o padrinho ter mostrado o cartão de sócio fundador do Sport Lisboa e Saudade. A miopia do guarda tomou-o como cartão de livre-trânsito da GNR. Safámo-nos de um processo de atentado à moral e aos bons costumes!Bons tempos!


Hoje estou aqui aborrecida. Que bom seria receber um convite para um passeio... O padrinho Onaírda agora tem um novo pópó e quer que eu vá com ele subir a rampa da Pena, mas eu não sei o que faça.
"Entre les deux , mon coeur balance"

Sua Kátinha


PS:- Cada vez estou mais gorda e mamalhuda e não tenho pachorra prás dietas! Segue a minha foto actual para o padrinho Zé, com especial relevo para as "red flowers", que combinam bem com ele: pópó rosso, clube rosso e mãozinha apertada. O que ele terá mais de rosso?

Obrigado Pela Sua Visita !