BANCADA DIRECTA: Dezembro 2006

domingo, 31 de dezembro de 2006


2007
COM
PAZ,AMOR E ALEGRIA.

Quadros ao acaso # 11 !!!

A porta aberta !
O lago !
Fogão a lenha !
Navegando !
Subaquático !

Apanhados da televisão portuguesa - (RTP)

Conjunto de apanhados em entrevistas da televisão portuguesa (estes são da RTP).

VIDEO DE SADDAM EM PORTUGAL...




Sou contra a pena de morte

No dia em que foi executado, não podia deixar o meu repúdio pela pena de morte ter ido para a frente, ainda por cima em dias respeitáveis em todo mundo, ainda para mais da religião árabe.

E sou e serei sempre contra a pena de morte, por dois motivos:

1-Ninguém tem o direito de matar ninguém, por muitas atrocidades que essa pessoa tenha feito, pois só Deus o poderá fazer e por isso sou contra, sabendo que certos casos são dificeis até para nós, não desejarmos isso a alguém.

2- Entendo que a morte é a pena mais leve que se pode dar a alguém, pois só sofre no momento e não na vida, e com sacrificios ao longo da sua vida, poderia ser uma pena mais justa... mas sabendo que terá um julgamento depois da morte com Deus.

Que Deus tenha piedade dele... e que o Iraque e os países que têm a Pena de morte, revejam a lei em nome dos direitos humanos e da lei da vida.

sábado, 30 de dezembro de 2006

APANHADOS # 8

Olha o 'passarinho' !

Pintor d'ilusões III

5 DESEJOS EM 2007

QUE OS USA COMEÇEM A DAR ALGO,
EM TROCA DO QUE RECEBEM...

QUE FAÇA BOM TEMPO
QUE AS CRIANÇAS SEJAM TODAS FELIZES


QUE SEJA REVELADO O QUARTO...
SEGREDO


BEM, O QUINTO DEIXO PARA VOCÊS...DESEJAREM...

Queridas sogrinhas!!!!







A carvão II

Neste desenho a carvão o artista pretendeu fazer um 'trocadilho' !?!
Se não, repare . . . na realidade não se trata de duas figuras, mas sim uma só !
Escolha por exêmplo o desenho que ilustra a cabeça do cavalo, rode 90º no sentido dos ponteiros do relógio e por incrivel que pareça obterá a figura representativa do sapo !
Se escolher o sapo, rode no sentido inverso . . .
Trata-se de um só desenho !!!

DOIS POEMAS DE ANO NOVO

Melhor que eu os poetas

sabem expressar os sentimentos...


Ano Novo


O ano novo então, começa

E vem trazendo esperança

Recomeça-se a tal pressa

Vamos na busca à bonança


E buscaremos bons tempos

Com aspirações expressas

Estimulando os contentos

Com o monte de promessas


As promessas de melhoras

Em tantos campos de acção

Combatendo assim demoras

Pra ser bem feliz, então


Solta fogos de artifício

Bebe champanha e cerveja

Ao expôr claros indícios

Do ano bom que se deseja


Pois queremos na alegria

Bem-estar pra toda gente

Vai achar a estrela guia

E vai seguir, sorridente


No sorrir enquanto canta

Embalado, ao som do povo

Que sofre mas se levanta

Ao ver chegar o ano novo


António Celestino



Feliz Ano Novo



Quando seus olhos pousarem em mim,


Sentirei meu coração bater aflito.


Serão pancadas doces demais,


Para um menino quase perdido.


Ficarei besta que nem um cuitelo


Fazendo piruetas desconexas.


Direi palavras complexas,


Falarei sobre sexo e plexo.


Haveremos de voar bem alto,


Haveremos de batermos com a cabeça na lua


E de lá, gritaremos juntos:


- Somos dois em um.


E que todos nos ouçam.


Festejaremos em uma só voz,


Como se fôssemos vaga-lumes cantores


A tripudiar o ódio e a preguiça.


Nessa noite, de raios refletidos,


Brilharemos eternamente.


Haveremos de nos dividirmos


Em dois,Em mil,Em mil vezes mil...


Dois mil.


FELIZ ANO NOVO!!!


Pedro Cardoso Machado

QUE O ANO QUE VEM VOS ABRAÇE...

A TODOS,

SEJAM FELIZES.

IMAGENS FASCINANTES...






OPS...
PUBLICIDADE OBRIGATÓRIA





CUIDADO COM AS POSIÇÕES
QUE ESCOLHER AO ENTRAR EM 2007...
ANTES VÁ A UM BOM RESTAURANTE...
FESTAS FELIZES



AINDA ESTAMOS EM TEMPO DE NATAL...

MAIS UMA VEZ BOAS FESTAS A TODOS AMIGOS E AMIGAS DESTE BLOG.

DESEJO UM BOM ANO DE 2007






Para você,

Desejo o sonho realizado.

O amor esperado.

A esperança renovada.


Para você,

Desejo todas as cores desta vida.

Todas as alegrias que puder sorrir.

Todas as músicas que puder te emocionar.


Para você neste novo ano,

desejo que os amigos sejam mais cúmplices,

que sua família esteja mais unida,

que sua vida seja bem melhor vivida.


Gostaria de lhe desejar tantas coisas,

mas nada seria suficiente

para repassar o que realmente

desejo a você.


Então,desejo apenas

que você tenha muitos desejos,(desejos grandes),

que eles possam te mover a cada minuto

ao rumo da sua FELICIDADE!


Que Deus abençoe a sua vida,

que Ele coloque suas mãos

poderosas em sua cabeça,

e distribua muitos pensamentos bons…


Feliz vida Nova!

Feliz Ano Novo!


sexta-feira, 29 de dezembro de 2006

APANHADOS # 7

A grande velocidade !

quinta-feira, 28 de dezembro de 2006

Quadros ao acaso # 10 !!!

A montanha !
Contradições !
O país das Maravilhas !

FUTEBOL DISTRITAL DE AVEIRO


O Fermentelos recebe os vizinhos da Mourisca

I DIVISÃO

1 No regresso da competição após o Natal, onde por certo se cometeram alguns excessos, a jornada 14 não se afigura nada fácil para as equipas da nossa região.
A começar pelo Bustos na recepção ao Cesarense, líder do campeonato. Os bairradinos, agora com melhores condições para a prática do desporto, não se têm dado lá muito bem com o novo relvado. O adversário é de respeito e só uma equipa ao mais alto nível será capaz de surpreender ilustre opositor.


O Oiã joga em S. Roque, adversário que tem vindo a subir de produção. Em jogo em atraso, a equipa de Oliveira de Azeméis empatou a uma bola em Arrifana e em casa tudo irá fazer para não perder de vista os lugares cimeiros. Cabe ao Oiã, com alguma intermitência exibicional nos últimos jogos, contrariar esse estado de coisas.

O Fermentelos recebe os vizinhos da Mourisca, num derby sempre aliciante, capaz de mover paixões. Os Pimpões estão melhor, em casa têm sido difíceis de vergar e será com esse estado de espírito que a equipa de Fernando Silva irá encarar o jogo, ciente também que neste tipo de jogos os pratos da balança podem pender para qualquer dos lados.

O Mealhada também joga em casa com o todo poderoso Arouca, actual segundo classificado. Este jogo poderá ser mais um bico-de-obra para a equipa de Raul Pinto, dadas as reais aspirações do adversário, que após perder o primeiro lugar não pretenderá perder mais pontos.

Na corrida pela subida encontra-se o sensacional Alba, que tem uma deslocação perto, a Macinhata, onde mora o último classificado, e onde é capaz de regressar a casa com pontos.
Para fechar a loja, a LAAC joga em Arrifana. O Arrifanense luta por outros objectivos, que passam pela subida, que neste momento está um pouco distanciada dos seus horizontes. Os feirenses tudo irão fazer para somar os três pontos.




TAÇA DO DISTRITO

1 Este sábado, dia 30, disputa-se a 2.ª eliminatória da Taça do Distrito, ainda sem a presença das equipas do primeiro escalão.

Na zona Sul, alguns jogos envolvem equipas do mesmo campeonato. O Couvelha volta a jogar em casa com o Ajax da Silvã, onde para o campeonato, ganhou por 8-0. A equipa de Fernando Brasileiro é claramente favorita.

O Águas Boas, depois de ter acertado o calendário com o Luso, onde ganhou, em jogo referente à primeira jornada, joga em casa com o CRAC, actual líder da 2.ª divisão. Um jogo complicado para os canarinhos, capazes do melhor e do pior.

O Mamarrosa também joga em casa com o Carqueijo. Apesar dos mealhadenses pertenceram a outra divisão, o conjunto de Jorge Rameiras já mostrou como é capaz de surpreender os mais credenciados. Neste jogo a surpresa pode ser uma realidade.

Outro confronto entre velhos conhecidos joga-se em Aguim, com os guinatos a defrontarem o Luso. No campeonato as posições de ambos estão extremadas, com clara vantagem para os homens das águas, que por via disso levam alguma vantagem na eliminatória.

O Paredes do Bairro recebe adversário bem conhecido, o Oliveirinha. No campeonato ambas as equipas têm pautado a sua prestação pelo equilíbrio.
Num jogo com características diferentes, acreditamos que essa tese irá prevalecer, onde a eliminatória até poderá ser decidida na lotaria das grandes penalidades.

Noutra partida entre equipas da 2.ª divisão, Serém e Eirolense estão muito perto de tudo. Prevê-se um jogo equilibrado e onde o factor casa poderá ser decisivo.

A BARC não deverá sentir grandes problemas em Arinhos diante do Benfica local, tal como o Requeixo na recepção ao Beira Vouga.


Na Gafanha jogam duas gafanhas, a de Aquém e da Encarnação. Trata-se de um derby, mas o NEGE, equipa mais rodada e com outros argumentos, é capaz de chamar a si a eliminatória.

O Calvão joga em Casal Comba. A má classificação da formação da Mealhada poderá jogar a favor dos vaguenses.

Eis o quadro de jogos:

Couvelha - Ajax da Silvã
Casal Comba - Calvão
Paredes do Bairro - Oliveirinha
Águas Boas - CRAC
Gafanha Aquém - NEGE
Requeixo - Beira Vouga

Aguinense - Luso
Mamarrosa - Carqueijo
Serém - Eirolense
Benfica Arinhos - BARC

Por:M. Zappa

Feliz Ano Novo a todos os clubes do distrito de Aveiro são os votos de Bancada Directa, que tenta acompanhar da melhor maneira possivel.
Bem Hajam a todos amigos.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2006

REFLECTINDO FUTEBOL...

P. BENTO E M. MACHADO:
Modelo e resultado
A PROPÓSITO DA LIÇÃO DE PAULO BENTO:
O modelo de jogo é inegociável.

Falando do 4x4x2 em losango, Paulo Bento referiu uma noção fundamental: o sistema faz parte do modelo de jogo. Depois, a melhor forma de o sistematizar (4x4x2, 4x3x3, etc) depende das características dos jogadores. Ou seja, é o sistema, e nunca o modelo, que depende dos jogadores. Há, porém, um ponto a reter: falou que o modelo pode variar de clube para clube. Ora, poder pode, mas não é assim que um treinador constrói uma identidade própria.
Por exemplo: Paulo Bento prefere um modelo de posse e circulação de bola, fazendo a transição defesa-ataque de forma apoiada. Jesualdo prefere em vez de circulação de bola, um modelo de transição rápida, onde a qualidade de posse supera a quantidade da posse. São estas as suas identidades como treinadores. Não faz sentido, mudarem de clube e passarem a preconizar modelos diferentes, que obriga a treino diferente, exercícios e periodização.
Deve fazer-se adaptações para equilibrar a relação jogadores/modelo, mas nunca sem subverter a filosofia base. Cada treinador deve ter um modelo preferencial e quando um clube o contrata, está a contratar os dois, treinador e modelo. Não faz sentido de outra forma no futebol de top. Caso contrário, é o primeiro passo para o fracasso.


A ACADÉMICA DE MANUEL MACHADO:
A relação bom futebol-resultado.


Manuel Machado disse, esta semana, que estava cansado de ver a sua equipa jogar bem e não ganhar. O melhor era não jogar não tão bem e ganhar. Com esta frase pretendia estabelecer uma relação directa entre as derrotas e o jogar bem. Não pode existir frase mais assustadora. A Académica tem, de facto, perdido muitas vezes jogando um futebol interessante mas a causa não é, obviamente, por estar a jogar bem, mas sim de erros tácticos de posicionamento que alguns jogadores cometem, sobretudo a defender, para além, claro, das limitações que muitos têm. Um modelo de jogo demasiado ambicioso para os interpretes ao dispor ou, digamos, treinador a mais para equipa a menos.

É neste ponto que Machado tem de trabalhar. Adequa-lo à equipa, sem que ela perda identidade. Se a forma dos resultados aparecerem fosse descendo o nível exibicional, tendo, como disse, um jogo menos airoso e urdido, então teríamos os treinadores a começar a preparar as equipas para jogar mal. É um debate sem sentido. Ninguém ganha por jogar mal mas apesar de jogar mal. Ninguém perde por jogar bem, mas apesar de jogar bem.



Por: Luis F. Lobo

A respeito de treinadores penso exactamente isto:


Rejeito a teoria da nova vaga de treinadores em oposição aos da velha guarda. Há os querem aprender mais sobre futebol e há os que, não acompanhando o pensamento vanguardista, sem data, inventam divisões entre intelectuais de futebol, em geral licenciados sem passado como jogadores, e os chamados homens do balneário, saídos do campo para o banco.

Não faz sentido. O futebol é um ecossistema onde cabem todos.

Capello diz que o melhor treinador do mundo é o maior dos ladrões:

“Porque esforça-se sempre em aumentar os conhecimentos. Vejo jogos ou treinos e procuro sempre roubar qualquer coisa. Quando era jogador, roubei e aprendi com todos os treinadores. Roubei a Herrera a ideia de intensidade do treino, a Liedholm que nunca se sabe tudo sobre técnica”É contactando com estes homens, directamente ou pelos seus escritos, que se aprende a pensar futebol. Ou seja, no fundo, os que, enquanto jogadores, tiveram consciência disso, acabaram, indirectamente, também por se licenciarem, na Universidade da relva e do balneário.

Ter sido jogador é importante, mas só como base para construir o conhecimento.

No livro Futebol Total (1975), Kovacs dizia que, no inicio, perguntava se era necessário aprender pedagogia, fisiologia, biologia, etc, quando tudo não passava de dar pontapés numa bola. O tempo iria o esclarecer: “Hoje afirmo que o faz o treinador moderno e lhe permite julgar os diversos aspectos do futebol, é o valor e força da sua bagagem e não a qualidade do jogador que foi”.

A modernidade não perde actualidade mesmo com a distância de 30 ou 70 anos.

Define-se exactamente assim, ou se tem ou não, queda para treinador, não basta querer ser, não é preciso ser doutorado, psicólogo,diplomata na área ou cientifico, basta ter inaptidão, e essa não se aprende, ou se tem ou não...

Bem Hajam

USO DO CINTO REDUZ 45% DOS ACIDENTES


SPECIAL ONE FALA SOBRE AS FÉRIAS DA NOSSA LIGA





RECORD – Está a cumprir mais um ciclo louco de jogos em altura de festas. Como é que se aguenta tudo isto?


JOSÉ MOURINHO – Jogar no Natal tem que ser feito com paixão, tem que ser feito com profissionalismo, com sentimento de reciprocidade. Se neste país amam o futebol e enchem estádios todos os dias, na época da família por excelência os artistas têm que dar o espectáculo que as famílias procuram. Faço-o com prazer.


RECORD – E vê alguma vantagem em ficar quase um mês sem competição, como acontece este ano em Portugal?


MOURINHO – Vantagem só em termos físicos, porque parar significa repousar, relaxar, descomprimir. No fundo criar condições propícias para uma segunda parte de época exigente.


Mas se olharmos para o fenómeno social e a indústria em que trabalhamos, parece-me catastrófico. Estádios vazios e salários em atraso... e nós, profissionais, paramos um mês?


Mais informação na edição impressa de Record


É realmente de louvar aos céus esta paragem tão prolongada do nosso campeonato, só quem tem interesses pessoais é que pode pensar que esta paragem é benéfica e desculpar-se com a questão de cultura, pois essa transforma-se com o avanço dos tempos, e não ficar resguardado atrás de costumes(maus) antigos , para defender esta teoria...


Aliás como Mourinho fala e bem , com todos os clubes a caminhar para abismo em termos de finanças, dá-se o luxo de ter clubes a pagar milhões a jogadores que estão um mês sem competir e muitos numas ricas férias, ao sol, sem nada se importarem com isso, pois estão a receber o mesmo.

Eu pessoalmente concordo com uma paragem natalícia(com uma antecipação dos jogos, ou máximo uma semana de paragem), mas tudo para mais disto, só reforça a inteligência dos actuais organizadores e dirigentes do nosso país.

Mas como alguns defensores desta paragem estão satisfeitos com a mesma, e um chamou-me atenção com as suas teorias de Cultura Portuguesa (actual tecnico Porto), eu gostava de fazer a seguinte pergunta a este treinador...Se estivessem sem receber durante estas paragens, ele falaria o quê? E os jogadores que achariam?

Talvez mudar-se a cultura, não???


É preciso reflectir nestas situações absurdas no nosso campeonato e deixar-mos de ser os lordes e governantes ricos, onde tudo se parece bem, quando na realidade, a manta encobre tudo..


Já agora, como consegue um treinador arranjar trabalho rápidamente, depois de vários insucessos seguidos por sua responsabilidade (em parte), devido a sua personalidade e respectivos métodos de trabalho, para além de ser corrido desses clubes pelos presidentes e jogadores, e depois presidentes o contratarem sem ter mais dados do mesmo, talvez pelo trabalho que realizou no passado, num clube, e eu pergunto? O presente não conta???
Pois um treinador pode ter azar algumas vezes, mas muitas é de desconfiar,ou não?

Falo objectivamente do treinador contratado pelo Guimarães nesta fase..Cajuda!!

Sem mais,reservo para daqui a mais alguns tempos uma opinião mais formada e com mais desenvolvimento, mas pelas caracteristicas do clube e pelo campeonato(liga Honra), pode ser que tenha sucesso, e sinceramente, assim o desejo, para bem do clube, mas essencialmente pelo treinador.


Bem Hajam

Obrigado Pela Sua Visita !