BANCADA DIRECTA: Fevereiro 2006

terça-feira, 28 de fevereiro de 2006

APROVEITE O CARNAVAL...VA PRA FORA CA DENTRO...

Sentado num banco de madeira pedra, a luz de um candieiro apagado, lia um jornal sem letras que dizia ; a lua e uma esfera quadrada que gira parada, puchada por quatro dragoes que nunca existiram. Alem de um... va pra fora ca dentro , o facto de ir de ferias ainda a trabalhar entusiasmou-me. Fechei a chave, trouxe a porta e la fui ate a estacao de servico. Verifiquei o tanque, pus gasolina nos pneus. Olhei o horizonte negro como o breu, era prai meia noite ja o sol torrava os miolos. A meio da minha aventura, tinham ja passado cinco minutos, tive fome. Ao longe vi um pomar carregado de morangos, subi a arvore e arranquei uma melancia. Veio de la o homem a ladrar com o cao a correr e deu-me com um talo de couve no ortelho, corria-me sangue ate ao joelho. E se nao fosse o pe cortava-me a bota.
Daaaaaaaaaa...

MAD*MAX

DERRADEIRAS SUGESTÕES DE CARNAVAL ..POR ELLE..

COM MÁSCARA...

À ZORRO...

OBRA ARTE

SEM MÁSCARA


PEDINTE



JÁ AGORA NÃO MEXA NAS FOTOS...OK

Espero que tenha servido para tirar algumas dúvidas que tivessem....

ROUBOS CONSENTIDOS...



ESTAVA UM NEGRO A CIRCULAR COM O SEU NOVO BMW ÚLTIMO MODELO NA AUTO-ESTRADA, QUANDO DE REPENTE FURA-SE UM PNEU...

SAI DO CARRO,TIRA O MACACO E COMEÇA A MUDAR O PNEU...

DE REPENTE, PASSA POR ELE OUTRO NEGRO, PÁRA, SAI DO RENAULT CLIO, PEGA NUMA PEDRA E PARTE O PÁRA-BRISAS DO BMW DIZENDO...

-DESPACHA-TE, ROUBA LÁ O PNEU, QUE EU ROUBO O RÁDIO!!!



APANHADA A ROUBAR-ME O CARRO

BOM CARNAVAL A TODOS...

Como difarçar o teu cão no carnaval !!!

Já que o cão é o melhor amigo do homem e se tens um, aqui ficam algumas sugestões para o disfarçares ou então o dono....


Bélgica vai testar o primeiro jornal em papel eletrônico


A Bélgica fará uma experiência e começará a testar, a partir de abril, a publicação de uma versão do diário De Tijd, da Antuérpia, em papel eletrônico. A experiência vai durar três meses, com 200 assinantes. Durante esse tempo, em vez de comprar o jornal todo dia, eles vão conectar à Internet um aparelho eletrônico fornecido pelo De Tijd no qual poderão baixar o conteúdo do jornal, que será atualizado automaticamente ao longo do dia.

O aparelho eletrônico é uma tela fina como uma folha de papel, com o tamanho aproximado de dois laptops. Ele gasta cem vezes menos energia do que um monitor de laptop comum. Com capacidade de armazenamento de 244 MB, o equipamento pode gravar um mês de jornais e mais 30 livros, de acordo com a agência Estado. A "tinta eletrônica" reproduz 16 tons de cinza.
Os leitores podem utilizar um marcador especial para destacar trechos do texto na tela.


Ao tocar um anúncio, abre-se automaticamente o site do anunciante. A empresa E-Ink já estuda a fabricação de uma tela colorida para o papel eletrônico. A experiência do jornal, se for bem-sucedida, vai gerar o estudo de um modelo de negócios com base nos resultados.

Notícia avançada pelo Site electrónico Terra

Qualquer dia já nem sei o que dizer com o avanço tecnológico....

EU BENFIQUISTA ME CONFESSO


Ser BENFIQUISTA e ter presente que a Aguia nos conduz!
E voar mais alto do que os homens...
dar cor a Alma e sentir o gosto vermelho da paixao...
Ser BENFIQUISTA e ser feliz...
ter o encanto que invade a Luz!
Ser BENFIQUISTA e tar presente...mesmo ausente!!!

Nao e que me vesti a rigor e sentei-me em frente a televisao!?!
tantos km's me separam, tantas milhas...mas basta o grito...
para o dragao nao passar de um mito.
Nao me levem a mal... fiquei euforico... vibrei com os sons da Catedral!
Nem os cientistas e medicos do mundo conseguiram ainda explicacao...
o porque do grito SLB... cresce na garganta e se sente no coracao...
... explodi um grito que ainda entoa...
VICTORIA... VICTORIA... VICTORIA...
Porque ser BENFIQUISTA nao se aprende, nasce com a pessoa!
Foi na radio, na tv e nos jornais... quem nao le???
Nem era preciso eu dizer tudo isto que eu digo...
bastava saber que na Bancada ha um BENFIQUISTA... um AMIGO.

Saudacoes despotivas
SLB 4EVER

MAD*MAX





segunda-feira, 27 de fevereiro de 2006

25ª JORNADA – FUTEBOL 1ª DIVISÃO DISTRITAL DE AVEIRO

RESULTADOS DA VIGÉSIMA QUINTA JORNADA FUTEBOL DA Iª DIVISÃO DISTRITAL DE AVEIRO










BUSTELO – PAÇOS BRANDÃO, 1-3

S. ROQUE – LUSO, 1-1

PESSEGUEIRENSE – LUSO, 3-1

ALBA – FERMENTELOS, 3-1

ÁGUEDA – FAJÕES, 2-0

RIO MEÃO – OLIVEIRINHA, 2-0

AROUCA – PAIVENSE, 2-2

OIÃ – ROMARIZ, 2-0

MEALHADA – CARREGOSENSE, 3-0

MOURISQUENSE – ARGONCILHE, 1-0





Arouca dá passo atrás e Mealhada reage


Pois é, esta semana Arouca que sonha ainda com a subida, ao empatar no seu reduto com Paivense dá um passo atrás na perseguição ao líder Águeda que continua forte nos seus intentos de regressar rapidamente aos nacionais, esta semana levou de vencida em Arrancada Vouga o Fajões sem dificuldades ao contrário desta equipa que está na rua dos aflitos, apesar dos intuitos da equipa de arbitragem em tentar o inverso.
Oiã também está para as curvas e em casa mostra que é quase insuperável, desta feita venceu o Romariz que começa a ver a vida andar para trás e vê aproximar-se o Mealhada que goleia o Carregosense e reaje bem na luta pela permanência, tarefa nada fácil neste momento mas ao alcance.

Quem está tranquilo e com campeonato feito é o Pessegueirense que venceu outra equipa em aflição Luso, que está dois pontos atrás do Bustelo que deixou surpreender pelo P. Brandão em casa e também não está confortável neste momento.
Mas quem parece que está irremediavelmente despromovido é Sanguedo, pois sendo matematicamente possível a manutenção, nem o mais optimista acredita no milagre, e esta semana cavou mais o poço ao sofrer uma goleada no seu reduto por (0-4), tal feito se poderá dizer do Oliveirinha que ao perder em Rio Meão tem quase reserva marcada para a II divisão distrital, campeonato de onde veio na época passada e onde irá certamente regressar.


Num jogo rodeado de grandes expectativas estava o Alba que jogava em Albergaria com Fermentelos, com ambos os clubes tranquilos na tabela e perto pontualmente, Alba levou a melhor e ganhou a equipa de F. Silva que tem feito um campeonato relativamente bom comparado com o das últimas épocas, ainda assim diz quem foi ver que foi jogo quezilento e perturbado pela má arbitragem que se verificou, sendo que tem mais razões de queixa os pimpões.
Mourisquense alcançou Argoncilhe ao ganhar frente ao mesmo, e está agora com 39 pontos em igualdade com o seu opositor e garantiu praticamente a manutenção.


Na Classificação o Águeda é agora ainda mais líder destacado com 58 pontos, seguido por Arouca 48 e Oiã e Pessegueirense a morder os calcanhares com 45 pontos;
Sanguedo é último com 11 pontos e acima com mais 4 está Oliveirinha, que já vê o Fajões com 21 pontos, Mealhada com 23 e Romariz com 25 pontos.


Quem gozou esta semana Carnavalesca foram os campeonatos da II e III Divisão de Futebol Distrital de Aveiro.


Fica o desejo de bom Carnaval a todos os atletas e já agora a todos amigos reais e virtuais que visitam Bancada Directa.
Um Bem Hajam.


BOM


Torneio Nacional de Minibasquete


Foram dois dias de muito minibasquete, emoção e alegria.

Os cerca de 90 Minis A e B, do Illiabum, Sangalhos, Brandoense e E.D.Viana encheram a merecida homenagem a João Carvalho dos Santos, antigo dirigente e presidente, de cor e alegria, onde não faltou o desfile de Carnaval das crianças da Santa Casa da Misericórdia de Ílhavo, a visita ao Museu Marítimo de Ílhavo, tudo actividades que o homenageado tanto apoiou e promoveu.
O descerrar de placa comemorativa e a entrega de uma réplica bem como a leitura de um pequeno tributo, com a presença de toda a família do homenageado no intervalo do jogo seniores Illiabum e Física serviram de marco a cerimónia, com a presença também de várias associações as quais o homenageado deu o seu contributo.

Toda a família Illiabum se uniu para esta sentida homenagem, desde as suas equipas de formação, aos seniores,( o Canadiano Jason alegrou a pequenada com alguns truques) e o Karaté fez uma demonstração com a participação dos minis atletas.

Visita ao Museu Maritimo de Ilhavo

Mais uma vez parabéns Illiabum Clube por mais esta iniciativa que a cidade de Ilhavo tanto deve.

domingo, 26 de fevereiro de 2006

22ª jornada III Divisão Nacional de Futebol

Resultados da vigésima segunda jornada da Série C do Campeonato Nacional de futebol da III Divisão:








Série C:

Estarreja - S. João Ver, 1-1

Tocha - Valecambrense, 1-2

Gafanha - Milheiroense, 2-1

Valonguense - Tondela, 1-1

Fornos Algodres - Avanca, 1-2

Satão - Anadia, 0-0

Arrifanense - Souropires, 1-1

Cesarense - União Lamas, 1-0

Os Marialvas - Social Lamas, 1-0


Avanca espreita liderança
e
Gafanha vitorioso

Mais uma jornada, e a cada semana os clubes lutam cada um com objectivos distintos e ferozmente por eles, que o diga o Gafanha que depois da espectacular vitória sobre o Tondela na semana transacta, desta (finalmente) regressa a casa para ganhar ao Milheiroense, tendo estado mesmo a perder a equipa de A. Flávio deu a volta ao marcador nos minutos finais, mesmo sem jogar bem (longe disso) acabou por ser melhor que o adversário, mas sendo a equipa de arbitragem a menos má em campo (boa nova) e o que vale são três pontos muitos importantes para a longe caminhada que têm pela frente que é a luta por um lugar nos nacionais, e que ainda está bem longe de descansar o mais optimista, pois outras equipas estão também na mesma situação e todas com o mesmo pensamento que a equipa de Ílhavo, como Marialvas que estrondosamente ganhou em casa ao líder S. Lamas que não tem estado a altura nas últimas semanas e, Cesarense que desfeiteou também entre seus adeptos o U. Lamas que é terceiro e não aproveitou o deslize do líder para chegar a liderança.

Quem esteve melhor foi o Avanca que foi a casa de outro aflito (F.Agodres) vencer, sendo que esta vitória deixa os homens de Nazih Andem mais perto da liderança, ultrapassando o terceiro e estando mesmo a um ponto desta.
Estarreja começa a sentir necessidade de obter oxigénio extra (terá que ganhar pontos fora), pois desta vez empatou no seu reduto com SJ Ver e complicou as suas contas, mas quanto a mim acho que ainda vai muito a tempo de recuperar, falta um terço do campeonato por disputar ou seja cerca de (36 pontos em disputa) e tudo é possível, mesmo começando a ser difícil.
Quase arredado está a equipa de Arrifana da permanência, claudicando mais uma vez em casa com Soupires e empatando a um golo, mas com os resultados desta semana conseguidos por algumas equipas, nada estranho se dizer que tudo é possível.

Anadia está mais confortável, mas ainda não garantiu a manutenção e foi empatar a Sátão que também não está a salvo (longe disso), tal como Tocha deixou-se surpreender em casa com Valecambrese (próximo adversário do Gafanha) e tem também que arregaçar as mangas senão…
Valonguense ainda com o objectivo por alcançar desperdiçou dois pontos em casa com a equipa de Tondela, equipa de Luís Almeida que também não está melhor.

Os resultados desta semana comprovam que nenhuma equipa desde o meio da tabela está a salvo de descida (umas mais perto de atingir o objectivo que outras), e nenhum campeão se pode afirmar até agora, pois com 1 terço do campeonato por realizar ainda muita água debaixo da ponte vai correr.


SOCIAL LAMAS continua a liderar com 44 pontos, Avanca com 43 e mais atrás União Lamas com 41.
Arrifanense na última posição com 14 pontos e mais acima Estarreja com 19, F. Algodres 22, Marialvas 23 e mais cima Sátão com 24 pontos e Gafanha 26 pontos completam os aflitos.

sábado, 25 de fevereiro de 2006

PINHEIRO DE LAFÕES - 3.ª DIVISÃO DISTRITAL A.F.VISEU



A.F.VISEU - 3.ª DIVISÃO DISTRITAL – Zona Sul
14.ª JORNADA






PINHEIRO DE LAFÕES – 4 <> FIAIS DA TELHA – 2

Data: 19.02.2006
Hora: 15H00
Local: Parque Celestino Ferreira Martins - Pinheiro de Lafões

Equipa de Arbitragem

Árbitro Principal – Marco Aurélio Lopes Fonseca – 1.ª Categoria – Lamego
Árbitro Auxiliar n.º 1 – José Eduardo Portugal
Árbitro Auxiliar n.º 2 – Marco Ribeiro

Constituição da Equipa do Pinheiro de Lafões

01 – Miguel
02 – T 2
03 – João Videirinha – Capitão
04 – Sérginho
05 – Nobre
06 – Guerets
07 – Roberto
08 – Tavares
09 – Dos Ovos
10 – Nelson
11 – Fernando

Suplentes

12 – Cavernas
13 – Tony
14 – Ruca
15 – Sumol
16 – Tó Filipe
17 – Henrique
18 – Bolacha

Treinador – Manuel Madureira

STAFF – Pinheiro de Lafões

Treinador Adjunto – Paulo Pimenta
Massagista – Álvaro Fernandes
Delegado – Fernando Cruz
Director João Miguel
Chefe de Departamento de Futebol – Carlos Moita
Presidente – Luís Lino

Constituição da Equipa do Fiais da Telha

01 – Rafael
02 – Alfredo
03 – Tó Penas
04 – Ricardo
05 – Marco Batista
06 – Ramalho – Capitão
07 – Fábio
08 – Nogueira
09 – Pedro
10 – Ricardo Batista
11 – Daniel

Suplentes

12 – Óscar
13 – Ivo
14 – Vicente
15 – Rodrigo
16 – Mauro
17 – Zé Barbeiro
18 – Mourão

Treinador – Rui Pataca
Delegado – Américo Batista

Marcadores: Pedro – (8 minutos de jogo), 1-0 para o Fiais da Telha. Tavares – (25 minutos de jogo), 1-1. Fernando – (41 minutos de jogo), 2-1 para o Pinheiro de Lafões.
Fernando – (64 minutos de jogo), 3-1 para o Pinheiro de Lafões. Nogueira – (82 minutos de jogo), 3-2 para o Pinheiro de Lafões. Henrique – (92 minutos de jogo), 4-2 para o Pinheiro de Lafões.

Disciplina: Cartões amarelos a T 2, Guerets, Tavares, Fernando Ruca, do Pinheiro de Lafões e a Rafael, Tó Penas, Marco Batista e Ricardo Batista do Fiais da Telha.
Cartões Vermelhos, para Ricardo do Fiais da Telha e Fernando do Pinheiro de Lafões.



TARDE CHUVOSA… “Maré-cheia”

Mais um dia homenageante ao “General Inverno”, convidativo ao doce aconchego do lar, impróprio para a prática do futebol, tanto era o vento, a chuva e o gélido frio, numa aliança perfeita da representatividade do “Mau Tempo”.
Pinheiro de Lafões / Fiais da Telha, era um jogo aguardado com ansiedade, tendo em conta o jogo da 1.ª volta, vitória do Fiais da Telha, por 1-0, sofrendo nesse dia a equipa da casa um autêntico massacre na 2.ª parte do jogo, mas mesmo assim a consolidar uma vitória bastante difícil, pese embora injusta tendo em conta o poder avassalador da equipa forasteira.
O Pinheiro de Lafões, vinha da sua 3.ª derrota neste campeonato, frente ao Vila Chã de Sá, num jogo atípico.
Entrou bem no jogo o Fiais da Telha, que não tendo nada a perder, jogou desinibido, criando imensas dificuldades ao último reduto da equipa visitada, apresentando claramente um esquema de 3 avançados, jogando as suas linhas muito próximas umas das outras, o que dificultava toda a manobra do Pinheiro de Lafões, que pelo contrário, talvez surpreendido pela forma ardilosa como o seu adversário entrou em campo, demorou a perceber que tinha que arregaçar as mangas e por mãos à obra.
Foi preciso o Fias da Telha inaugurar o marcador por Pedro, num remate de fora da área, à passagem do minuto 8 da 1.ª parte, para espicaçar os visitados que começaram a aumentar o ritmo de jogo no firme propósito de dar a volta ao resultado.
Conseguiram, ao minuto 25 por Paulo Tavares, igualar a partida, num livre superiormente apontado de fora da área, para ao minuto 41, mesmo à beirinha do intervalo, Fernando aumentar a vantagem para 2-1, dando desta forma a volta ao resultado.
Mesmo sem jogar bem, e de forma egoísta, já que a maioria dos jogadores do Pinheiro de Lafões, prendia demasiado a bola num futebol individualista, os da casa lá conseguiram chegar ao intervalo a vencer.
Mister Madureira, à passagem do minuto 20 da 1.ª parte havia substituído Nobre, por Ruca, tendo desta forma colocado Roberto a lateral esquerdo e T 2 a lateral direito, indo Ruca, para a posição de médio centro, passando as alas para a responsabilidade de Fernando e Tavares, bem como as tarefas de finalização para Nelson e Dos Ovos, este mais adiantado.
Ao intervalo, o suposto “puxão de orelhas” do mister Madureira aos seus pupilos, surtiu efeito, já que o Pinheiro de Lafões apareceu em campo a jogar quase sempre ao 1.º toque, o que acelerou os processos de jogo e criou algumas oportunidades de golo desperdiçadas por Nelson, Dos Ovos, Tavares, Fernando e T 2.
O 3.º Golo apontado por Fernando, que nesta tarde bisou, chegou ao minuto 64, dando uma falsa tranquilidade aos da casa, pois o Fias da Telha se até aqui não tinha nada a perder, apostou tudo no ataque, em busca de um resultado positivo.
Passou então a jogar só com 2 defesas, num claro 2X4X4.
Madureira e bem, ao verificar que o seu adversário arriscava tudo, colocava 3 avançados, numa tentativa de fazer recuar o seu adversário, o que se verificava irreal, em virtude de não recuarem.
Viu-se assim forçado a retirar Sérginho e Ruca Lesionados, para colocar em campo Henrique e Tó Filipe, que haviam de dar a volta a mais um golo sofrido, fixando o resultado em 4-2, a favor do Pinheiro de Lafões, golo este apontado por Henrique, após uma fífia do guardião Rafael.
Em resumo, num jogo em que talvez o empate fosse o resultado mais justo, acabou por ganhar a equipa visitada, aceitando-se de igual modo a vitória, como fazendo jus à liderança da tabela classificativa, já que candeia que vai à frente alumia sempre duas vezes e por vezes a estrelinha da sorte também protege.
O trio de arbitragem, deslocou-se de Lamego, sendo liderado por Marco Aurélio Lopes Fonseca, tendo desenvolvido um trabalho bastante positivo, nomeadamente na aplicação da Lei da Vantagem, demonstrando estar com um bom coeficiente nível físico.
Disciplinarmente, Marco Fonseca, teve sempre o jogo seguro com uma forte personalidade, mesmo quando alguns jogadores das duas equipas lhe criaram algumas dificuldades.
Mais uma vez, é de louvar a presença da camisola 12 do Pinheiro de Lafões, que numa tarde bastante regada de água e frio não deixou de apoiar a sua equipa dando-lhe o merecido apoio e incentivo.
O Grupo de Trabalho, agradece e solicita, que para estes 4 jogos que faltam, 4 autênticas finais, o seu público apareça cada vez em maior número numa mobilização global da freguesia e de todos quantos gostem de futebol em geral e do Pinheiro de Lafões em particular.
O próximo compromisso, é dia 05 de Março e o Pinheiro de Lafões, desloca-se a Abraveses, seguindo-se o Ferreiros do Dão em casa, o Lobanense fora e o fecho do campeonato com o Roriz em Pinheiro.
Precisamos de todo o vosso apoio.
Façam-nos sentir em casa, mesmo quando jogarmos fora.
Obrigado.

Saudações Desportivas
Manuel Madureira

CARNAVAL DE VALE DE ÍLHAVO 2006

CARNAVAL 100% PORTUGUÊS
NÃO FALTE, VAI VER QUE VAI DIVERTIR-SE...



sexta-feira, 24 de fevereiro de 2006

MUSEU MARÍTIMO ILHAVO




Até ao fim mês de Fevereiro

Exposição de fotografia “Atlânticos”, de Rui Fonseca De Terça a Sexta-feira das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. Sábados e Domingos das 14h30 às 18h00. Galeria de Fotografia.

25 Sábado

17h00

Inauguração da Exposição “A Saga dos Astrolábios” Patente até ao dia 28 de Maio.
De Terça a Sexta-feira das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.
Sábados e Domingos das 14h30 às 18h00.
Sala de Exposições Temporárias Conferência “Astrolábios Náuticos Portugueses”, pelo Comandante Estácio dos Reis Auditório.

Illiabum organiza torneio de minibasquete

Um torneio em que participam (+-) 100 minis das equipas participantes, Illiabum, Brandoense, Vagos, E.D. Viana e G.D. Resende.

In : DesportoAveiro

Bancada Directa vai ter a rúbrica Agenda de Ilhavo, que engloba agenda desportiva, cultural, eventos, geral, etc, e tentar ter actualizações possíveis.

Agenda Desportiva de Ilhavo

25 Sábado

15h00

Ílhavo A.C. – Arsenal Canelas Campeonato Nacional de Andebol 2ª Divisão (Zona Centro) Pav. Gimnodesportivo da Gafanha da Encarnação

18h00

Illiabum – Física de Torres Proliga/Basquetebol Pav. Mun. Cap. Adriano Nordeste, Ílhavo

NEGE – Casa Povo Esgueira - Campeonato Distrital de Futsal 2ª Divisão Pav. Gimnodesportivo da Gafanha da Encarnação

19h00

G.D. Gafanha – G.D. Vales do Rio - Campeonato Nacional de Futsal 3ª Divisão Pav. Escola Secundária da Gafanha da Nazaré

G.D. Beira Ria – Futsal Clube Azeméis - Campeonato Distrital de Futsal 2ª Divisão Pav. Gimnodesportivo da Gafanha do Carmo

26 Domingo

G.D. Gafanha – G.D. Milheiroense - Campeonato Nacional de Futebol 3ª Divisão Complexo Desportivo da Gafanha da Nazaré

28 Terça-feira

Participação da A.C.D. Os Ílhavos, Secção de Atletismo, no Campeonato Distrital de Corta Mato, em Cucujães.

Agenda Cultural de Ilhavo


25 Sábado

22h00

Carnaval de Vale de Ílhavo Baile do Balda “Fim de Século” Org.: A.C.R. “Os Baldas”

26 Domingo

15h00

Carnaval de Vale de Ílhavo Corso Carnavalesco “Dança do Santo” Org.: A.C.R. “Os Baldas”

27 Segunda-feira

22h00

Carnaval de Vale de Ílhavo Baile do Santo “Metal Band” Org.: A.C.R. “Os Baldas”

28 Terça-feira

15h00

Carnaval de Vale de Ílhavo Corso Carnavalesco “Dança do Santo” Org.: A.C.R. “Os Baldas”

FESTA DE ABERTURA CLÁSSICO BENFICA-PORTO

Os dirigentes encarnados prepararam uma festa de abertura antes do clássico Benfica-Porto deste fim-de-semana e Bancada Directa teve acesso aos grupos e artistas que vão lá estar e aqui deixa em primeira mão:


A Águia a voar claro...
S.L.BAILARINAS JÁ CONHECIDAS...



GRUPO DE FADOS COM ARTISTAS CONSAGRADOS

APRESENTAÇÃO DO ALBUM ...

ARTISTA SURPRESA...


DIRIGENTES ACONSELHAM QUE LEVEM ALGO PARA O FIM EM CASO DE NECESSIDADE...ISTO PARA HOMENS...



...E CLARO, ISTO PARA MULHERES ...

EU VOU VESTIR-ME A RIGOR E VER FRENTE AO TV

QUE SEJA GRANDE ESPECTÁCULO DE FUTEBOL...

Obrigado Pela Sua Visita !